Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10104
Title in Portuguese: Da pesca artesanal à agricultura familiar: A multifuncionalidade a partir da unidade familiar de produção. estudo de caso
Author: Cajado, Diana Mendes
Advisor(s): Mayorga, Maria Irles de Oliveira
Co-advisor(s): Esmeraldo, Gema Galgani Silveira Leite
Keywords: Multifuncionalidade
Pesca artesanal
Agricultura familiar
Assentamento Maceió
Issue Date: 2013
Citation: CAJADO, Diana Mendes. Da pesca artesanal à agricultura familiar: A multifuncionalidade a partir da unidade familiar de produção. estudo de caso. 2013. 126 f.: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará. Mestrado Acadêmico em Economia Rural (MAER). Centro de Ciências Agrárias. Fortaleza-CE. 2013.
Abstract in Portuguese: Povos ou grupos sociais que praticam a pesca artesanal e a agricultura familiar datam de eras pré-coloniais no Brasil. Ao longo dos anos vão se reinventando e resistindo a partir das relações sociais e de produção, transformando os espaços os quais ocupam. Através de suas práticas reafirmam seus saberes, culturas e identidades. Neste sentido, a multifuncionalidade surge como uma ferramenta teórico-analítica na perspectiva de compreender o rual não apenas como espaço de produção, mas amplia seu olhar para as relações que acontecem neste espaço e suas implicações para a sociedade. Porém as pesquisas relacionadas à multifuncionalidade trazem como unidade de observação apenas as famílias que praticam a agricultura familiar. Nesta pesquisa ampliou-se este olhar também para as famílias que realizam a pesca artesanal, não somente de forma isolada, mas também combinada com a agricultura de caráter familiar. Assim esta pesquisa trouxe como objetivo analisar as atividades de pesca artesanal e agricultura familiar desenvolvida pelas famílias da comunidade Apiques, Assentamento Maceió Itapipoca-CE à luz da multifuncionalidade. Para tanto foi utilizada como metodologia a Análise Diagnóstico de Sistemas Agrários (ADSA), subsidiada pela técnica de pesquisa observação participante, compreendendo ainda na realização de uma Roda de Conversa com os sujeitos da comunidade pesquisada. Como resultados foram construídos o Zoneamento Agroecossistêmico e Social da comunidade, compreendendo quatro zonas, a Tipologia dos Sistemas de Produção, assim como os gráficos de mão de obra e os Fluxos de Fertilidade e Produtos dos sistemas de produção identificados, sendo posteriormente analisados quanto a seus aspectos socioeconômicos. Além da identificação dos sujeitos a partir de suas práticas e da relação do acesso à terra com a realização das atividades de pesca artesanal e agricultura familiar. A hipótese da pesquisa foi aceita, desta forma a pesca artesanal e a agricultura familiar realizadas pelas famílias pesquisadas, além da importância produtiva, contribuem para a segurança e soberania alimentar, reprodução socioeconômica e manutenção do tecido cultural e identidade das famílias rurais da comunidade Apiques Assentamento Maceió Itapipoca-CE, Sugerindo a multifuncionalidade das atividades agrícolas não somente para as famílias que as realizam, mas para a sociedade. Contudo, compreendeu-se que alguns sistemas de produção se mostraram mais expressivos em determinadas funções. As famílias que apresentam em seus sistemas de produção o sistema de extrativismo pesca artesanal encontram-se numa situação de capitalização em relação às famílias que não praticam este sistema. Portanto, a partir da experiências adquirida nesta pesquisa, acredita-se que a complexa relação existente entre a pesca artesanal e a agricultura familiar foi o que tornou possível a percepção do caráter multifuncional das famílias e a ampliação desta noção, que através da racionalidade camponesa, amalgamam as duas atividades, transformando o espaço e a paisagem rural, refletindo na multiplicidade de ser de dos sujeitos.
Abstract: People or social groups have been practicing fishing and agriculture since pre-colonial Brazil. Along the years, thesse groups have restructured themselves and resisted through socialo and production relations, transforming the spaces they occupy. Through their practices, they reaafirm their knowledge, cultures and identities. In this sense, multifunctionality arises astheoretical and analytical tool with the perspective to understand the rural not only as a production space, but enlarges it loook up to the relations that happen in this spzce and the implications for the society. However, researches related to multifunctionality only use as object of study family-based agriculture. This work enlarges this scope also for fammily-based fishing, not only in an isolated way, but also combined with agriculture. Thereby, this study aims at analyzing, through the scope of multifunctionality, fishing and agriculture activities developed by the families of the Apiques rural community, into the rural settlement of Maceió, in Itapipoca, Ceará state. Therefore, we used as a methodology the Analysis Diagnosis of Agrarian Systems, subsidized by the technique of participant observation research, including also the realization of a participative talking with the members of the community. As a resut, we managed to elaborate an Agroecosystemic and Social Zoning of the community, divided in four zones, a tipology of the Production Systems, as well as the graphics of both labor and fertility and products flows of the identified production systems, then analyzed for their socioeconomic aspects. Besides the identification of the subjects from their practices and their relation to land acess with the realization of fishing and agriculture activities. The research hypothesis was accepted, this way fishing and agriculture developed by the families contribute, besides the productive importance, to the food safety and sovereignty, socioeconomic reporduction, cultural links maintenance and identify of the rural families of the Maceió settlement in Itapipoca, Ceará state, suggesting the multifunctionality of agrarian activities, not only for the families who live from it, but for all the society. However, we understood that some of the production systems appear to be more expressive in determinate functions. Those of the familiues who deal with fishing into their production systems find themselves in a better capitalization situation regarding to the others families who do not develop this activityTherefore, from the experience gained in this study, we believe that the complex relation that exists between fishing and agriculture was what turned possible to understand the multifunctional aspects of the families and the expansion of this concept, that through the peasant rationality, join both activities, transforming the rural space and landscape, reflecting into the multiplicity of living of those subjects.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10104
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_dmcajado.pdf3,22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.