Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10642
Title in Portuguese: Análise da resposta humoral contra H. pylori em pacientes portadores e não portadores de câncer gástrico
Title: Analysis of the humoral response against H. pylori in patients and not patients with gastric cancer
Author: Benigno, Tiago Gomes da Silva
Advisor(s): Braga, Lúcia Libanêz Bessa Campelo
Keywords: Helicobacter pylori
Neoplasias Gástricas
Issue Date: 2013
Citation: BENIGNO, Tiago Gomes da Silva. Análise da resposta humoral contra H. pylori em pacientes portadores e não portadores de câncer gástrico. 2013. 71 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: O Helicobacter pylori tem acompanhado a humanidade em todas as suas rotas de migração pelo planeta. Sendo o H.pylori uma bactéria cosmopolita que evoluiu e se adaptou as condições mais adversas através de mutações e troca de material genético que resultaram em mudanças morfofisiológicas favoráveis. Tais mudanças contribuíram no desenvolvimento de estirpes da bactéria altamente virulentas e que provocam diferentes condições fisiopatológicas no hospedeiro. A grande variabilidade genética do H.pylori dificulta a investigação para se descobrir associações com determinadas patologias gastrointestinais. No entanto, marcadores de virulência da bactéria já foram identificados e associados a diferentes doenças gastrointestinais. Cepas de H.pylori que expressam as proteínas Cag A e Vac A tem sido encontradas em pacientes com câncer gástrico, já outros que expressam Oip A e Dup A são encontrados em pacientes com úlcera gástrica sendo considerados como genes de proteção, pois não estão relacionados com o desenvolvimento de câncer gástrico. Os métodos utilizados para detectar a infecção pelo H.pylori se dividem em invasivos e não invasivos. A endoscopia é um método invasivo onde se faz a biopsia e teste da uréase para detectar a presença da bactéria. O problema é que endoscopia não consegue identificar discretos pontos de colonização do H. pylori, ou então, é indicada quando o paciente já esta sintomático, onde se tem uma situação avançada de injúria das células epiteliais gástricas. Entre os métodos não invasivos temos os métodos sorológicos. Entre esses métodos sorológicos temos o immunoblotting um método que pesquisa a presença de anticorpos específicos (Ig G). A pesquisa de anticorpos contra fatores de virulência e proteínas específicas (Cag A, Vac A, Ure A, Ure B, proteína flagelar), serve tanto para detectar a infecção como mensurar o tipo de cepa de H.pylori presente no individuo infectado. Podendo esse método ser utilizado para investigar a resposta humoral em pacientes com e sem câncer gástrico infectados com H.pylori.
Abstract: Helicobacter pylori have accompanied humanity in all its migration routes across the planet. Being the cosmopolitan H.pylori bacteria that evolved and adapted the most adverse conditions through mutation and genetic exchange that resulted in favorable changes morph physiological. Such changes contributed to the development of highly virulent strains of bacteria which cause different pathophysiological conditions in the host. The high genetic variability of H. pylori hinders research to uncover associations with certain gastrointestinal conditions. However, bacterial virulence markers have been identified and associated with different gastrointestinal diseases. H. pylori strains that express proteins Cag A and Vac A has been found in patients with gastric cancer, others expressing Dup A and Oip A are found in patients with gastric ulcer were considered protective genes, since they are not related with development of gastric cancer. The methods used to detect H. pylori infection can be divided into invasive and non-invasive. The endoscopy is an invasive method is where the biopsy urease test to detect the presence of bacteria. The problem is that endoscopy can’t identify discrete points of colonization of H. pylori, or else, is indicated when the patient is already symptomatic, where you have a situation of advanced gastric epithelial cell injury. Among the non-invasive methods have serological methods. Among these serological methods have immunoblotting method that searches the presence of specific antibodies (Ig G). The antibodies against virulence factors and specific proteins (Cag A, Vac, Ure A, Ure B, and flagellar protein) serves both to detect infection and measure the type strain of H. pylori present in the infected individual. This method can be used to investigate the humoral response in patients with and without gastric cancer infected with H. pylori.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10642
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCIR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_tgsbenigno.pdf875,68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.