Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1115
Título: O prazer da literatura: o uso do texto literário em sala de aula
Autor(es): COSTA, Maria Edileuza da
FERREIRA, Maria Aparecida da Costa Gonçalves
Palavras-chave: Leitura
Prazer
Texto
Sala de aula
Estímulo à Leitura
Formação de Leitores
Interação Leitor-Texto
Interesse na Leitura
Data do documento: 2006
Editor: Revista de Letras
Citação: COSTA, M. E. ; FERREIRA, M. A. C. G. (2006)
Resumo: Para desenvolvermos alguns questionamentos sobre o tema proposto, tomaremos como ponto de partida a afirmativa de que leitura é algo ligado ao prazer, assim definido por Roland Barthes, uma vez que a leitura tem poderes de enriquecer e humanizar, isto é, a leitura dever ser tomada, na sua inteira acepção, como arte. A partir de então, poderemos passar para uma abordagem mais científica da leitura. Sabemos ainda que os prazeres da leitura são muitos ou múltiplos, pois lemos para saber, para compreender e para refletir. Lemos, ainda, pela beleza da linguagem, para a nossa emoção e até para a nossa perturbação. Ao lermos estamos compartilhando, sonhando e aprender a sonhar. Assim sendo, precisamos, compreender a leitura como uma arte para, depois, pragmaticamente, despertar o prazer da leitura em meio à crise da palavra escrita. Precisamos compreender, ainda, como se aprende a ler e o que há de fantástico na leitura para reeducar leitores fracassados e chegar a um nível de leitura eficaz. E por fim, precisamos compreender cientificamente o ato da leitura para orientar as famílias, lugar natural em que nasce o amor ao livro, à língua e o desejo de ler.
Abstract: Having in mind that our concrete reality in which the illiteracy is still strong and critics say that it is a priority some questions concerning teaching methodology, we will focus on this text some aspects of which some calls the art of reading. That is it, we will observe that reading goes beyond technical questions. We will take as a beginning point Roland Barthes’ statement, which says that reading, is related to pleasure. We also do know reading activity has powers to enrich and humanized somebody when it is understood on its fully conception – as art. We know too that the pleasures that come from reading activity are numerous and multiple, once one reads to learn something, to understand something, and to think about something. We also read because the beauty of the language, because our emotion, and still because our perturbation. While we read, we are sharing experience, dreaming and learning how to dream. From this vision we can pass to a more scientific approach of reading process, and pragmatically to wake up the pleasure of reading a text. We also need to understand how someone learn how to read and what is so amazing on the reading activity to reach a possible “reeducation” of some readers and a level of a proficient reading process.
Descrição: COSTA, Maria Edileuza da; FERREIRA , Maria Aparecida da Costa Gonçalves. O prazer da literatura: o uso do texto literário em sala de aula.Revista de Letras, Fortaleza, v.1-2, n. 28, p. 48-51, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1115
ISSN: 01018051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_art_ME da Costa.pdf58,2 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.