Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1179
Título: Comportamento reprodutivo caprino e ovino com o uso do efeito macho interespécie
Título em inglês: Goat and sheep breeding behavior using the male effect interspecies
Autor(es): Vitalino, Aline Bezerra
Orientador(es): Araújo , Airton Alencar de
Palavras-chave: ZOOTECNIA
Caprino - Ovino - Comportamento sexual
Reprodução animal
Data do documento: 10-Jun-2011
Resumo: Este trabalho teve como objetivo, observar o comportamento sexual dos indivíduos (macho ovino, caprino e, fêmeas caprinas) durante o efeito macho e a sua interação sócio-sexual interespécie para o desenvolvimento de um etograma comportamental. Para isso foi observado a frequência das atividades comportamentais durante a realização do efeito macho, executados tanto pelo carneiro (interespécie) quanto pelo bode diante das fêmeas caprinas, nos turnos da manhã e tarde. Os dados foram submetidos à análise de variância a 5% de probabilidade. Foram utilizadas 21 cabras nulíparas mestiças Anglo-nubiana x Saanen com idade média de 10,3± 0,6 meses e peso médio de 44,5± 4,5 kg; um reprodutor ovino nativo deslanado branco, da raça Morada Nova, com 4 anos de idade e 53,0 kg; e, um reprodutor caprino da raça Saanen, com 7 anos de idade e peso corporal de 65,0 kg. A temperatura do ar (TA) e a umidade relativa do ar (UR) foram avaliadas com o auxílio de um termohigrômetro, e os dados de TA e UR foram utilizados para o cálculo do Índice de Temperatura e Umidade (ITU), calculado para cada mês durante o período estudado. A variável CV (cheirou a vulva) foi a mais expressa durante toda a avaliação para as duas espécies em questão, o que demonstra a inspeção do macho na detecção da fêmea em estro. No turno da manhã o carneiro foi superior ao bode (P<0,05) na inspeção da fêmea em estro, 525 vs 210. Porém no turno da tarde o bode foi superior, 134 vs 197. O macho ovino quando comparado com o macho caprino, independente do turno, demonstrou melhor desempenho sexual com maior número de atividades comportamentais para a indução e sincronização do estro em cabras leiteiras. A aceitação da monta da fêmea caprina pelo macho ovino demonstra que há interação sexual entre espécies diferentes, e que os feromônios são percebidos pelos receptores, desencadeando, assim, o estro e os comportamentos sexuais relacionados. Palavras- chave: comportamento, indução do estro, cabras leiteiras, bode, carneiro.
Abstract: This study was carried out to observe the sexual behavior of individuals (male sheep, goats and female goats) during their interaction effect of male and interspecies-sexual partner for the development of a behavioral ethogram. For that, the frequency of behavioral activities during the course of the male effect was observed, both by the ram (interspecies) and by the goat regarding the female goat in the morning and afternoon. Data were subjected to analysis of variance at 5% probability. 21 Nulliparous crossbred Anglo-Nubian x Saanen goats were used, with mean age of 10.3 ± 0.6 months and mean weight of 44.5 ± 4.5 Kg, a native breeding white Morada Nova woolless sheep, with 04 years of age and 53.0 Kg, and a Saanen goat breeder, with 7 years of age and body weight of 65.0 Kg. The air temperature (TA) and relative humidity (RH) were evaluated with a digital thermohygrometer INCONTERM ®, and TA and RH data were used to calculate the temperature and humidity index (THI), calculated for each month during the study period. The variable CV (sniffed the vulva) was the most expressed during the entire assessment for the two species in question, which shows the inspection of the male in the female in estrus detection. In the morning the sheep was higher than the goat (P <0.05) in the inspection of the female in estrus, 525 vs. 210. But in the afternoon the goat was higher, 134 vs. 197. The male sheep when compared with the male goat, regardless of the turn, showed better sexual performance with a greater number of behavioral activities to induce and synchronize estrus in dairy goats. Acceptance by the female goat of the male sheep demonstrates that there is sexual interaction between different species, and that pheromones are perceived by receptors, thus triggering the estrus and related sexual behaviors.
Descrição: VITALINO, Aline Bezerra. Comportamento reprodutivo caprino e ouvino com o uso do efeito macho interespécie. 2011. 95f.Dissertação(Mestrado em Zootecnia)- Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1179
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011-dis-abvitalino.pdf849,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.