Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12857
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorZANELLO, Valeska-
dc.date.accessioned2015-06-17T14:12:17Z-
dc.date.available2015-06-17T14:12:17Z-
dc.date.issued2004-
dc.identifier.citationZANELLO, V. (2004)pt_BR
dc.identifier.issn2179-1740 (online)-
dc.identifier.issn0102-1222 (impresso)-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12857-
dc.descriptionZANELLO, Valeska. Subjetividade e filosofia com crianças: um relato de experiência e reflexão. Revista de Psicologia, Fortaleza, v.22, n.1, 2004, p 38-47.pt_BR
dc.description.abstractThis article aims to analyze the author experience in the Philosophy in School program, developed by the University of Brasília and Educational Foundation of Federal District. It proposes a point-of-view of the subjectivity processes for the comprehension of the dynamics happened from the program beginning until the inquiry communities operation ways- including teaching staff and student body-and theirs implications. The amalgam chosen as principal way in the comprehension is the idea of "sense", which comprises the cognitive and affective (manner how the subject is affected) dimensions. It searches then to point out a specific role to the psychologist in this kind of program.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherwww.revistapsicologia.ufc.brpt_BR
dc.subjectFilosofia para criançaspt_BR
dc.subjectFilosofia com criançaspt_BR
dc.subjectSubjetividadept_BR
dc.subjectComunidade de investigaçãopt_BR
dc.subjectSubjetividade socialpt_BR
dc.titleSubjetividade e filosofia com crianças: um relato de experiência e reflexãopt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrO presente texto visa analisar a experiência da autora no programa Filosofia na Escola, desenvolvido pela Faculdade de Educação da Universidade de Brasília junto à Fundação Educacional do Distrito Federal. Propõe-se uma leitura a partir da perspectiva dos processos de subjetivação para a compreensão das dinâmicas ocorridas desde a implementação do programa até os modos de funcionamento das comunidades de investigação tanto do corpo docente quanto discente, bem como suas possíveis imbricações. O amálgama escolhido como fio condutor na compreensão é a idéia de sentido, que engloba tanto a dimensão cognitiva quanto a afetividade do sujeito, ou seja, o modo como é afetado (o seu sentir). Procura-se apontar, a partir destas reflexões, um papel específico para o psicólogo neste tipo de programa.pt_BR
Appears in Collections:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2004_art_vzanello.pdf901,34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.