Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1349
Título: Percepção, vivência e enfrentamento do sofrimento psíquico em criança usuárias de CAPS Infantil
Título em inglês: Perception, experiences and coping sofirmento psychic children using child CAPS Fortaleza
Autor(es): Câmara, Yzy Maria Rabelo
Orientador(es): Amaral , João Joaquim Freitas do
Palavras-chave: Estresse Psicológico
Teoria Psicanalítica
Data do documento: 2011
Citação: CÂMARA, Y. M. R. (2011)
Resumo: Esta pesquisa visou à compreensão da percepção, vivência e enfrentamento de crianças portadoras de sofrimento psíquico usuárias do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi) Maria Ileuda Verçosa. O sofrimento psíquico foi analisado à luz da teoria Winnicottiana, através da teoria do amadurecimento humano, onde foi discutida a importância do suporte familiar e do meio saudável para um desenvolvimento emocional que tenda à integração do indivíduo, sendo o sofrimento psíquico da criança gerado pela falha desta estrutura.Os sujeitos foram dez crianças de 7 a 11 anos. Foi feito um levantamento de dados com as respectivas cuidadoras apenas como uma maneira de complementação das informações coletadas. O local escolhido corresponde ao primeiro CAPS infantil do estado do Ceará e atende ao público infanto-juvenil de 67 bairros do município de Fortaleza. Para tanto, foi feito um levantamento documental dos prontuários e das anotações dos diários de campo, assim como entrevistas semi-estruturadas com as crianças colaboradoras e suas cuidadoras, no período de agosto a dezembro de 2010. Os resultados encontrados apontam para a propriedade que as crianças têm de reconhecer e expressar suas formas diversas de vivenciarem o sofrimento psíquico: agressividade, mudanças de humor, queixas de ansiedade, dificuldades escolares, dificuldade de aceitação da realidade, estigma, violência doméstica e sexual. Por fim, a relevância deste trabalho encontra-se na compreensão do sofrimento psíquico pela ótica de quem o vivencia e na contribuição para com pesquisas futuras, pois há na literatura pouco material sobre o sofrimento psíquico da criança respeitando o discurso da mesma. A importância também é dada como um conhecimento que pode facilitar a reorientação de melhores práticas profissionais e de políticas públicas voltadas para a saúde mental infantil.
Abstract: This research aimed at the understanding of the perception, existence and confrontation of children bearing psychological suffering, who attend the Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi) Maria Ileuda Verçosa. The psychological suffering was analyzed based on Winnicott’s theory, through the theory of human development, where the importance of the familiar support and the healthy environment was discussed, towards an emotional development which leads to the individual’s integration; being the child’s psychological suffering produced by a failure of this structure. There were 10 subjects who were children from seven up to eleven years old. A data survey was made with their respective caretakers only as a means by which to supply the collected information. The chosen place corresponds to the first CAPS Infantil do Estado do Ceará and attends children and adolescents of 67 districts of Fortaleza county. This way, a documental survey of the medical records and the notes of the area diaries was made, as well as semi-structured interviews with the collaborator children and their caretakers from August to December, in 2010. The results which were found point to the property that children have to recognize and express their several ways to experience psychological suffering: aggressiveness, changes of humor, complaints about anxiety, school difficulties, difficulty for accepting reality, stigma, domestic and sexual violence. Finally, the relevance of this work lies on the understanding of the psychological suffering through the view of those who experience it and the contribution this research paper may give to further investigation, since there is not so much literature on children’s psychological suffering respecting their own discourse. Its importance is also given as a piece of knowledge that can facilitate the reorientation of the best professional practices and public policy towards childish mental health.
Descrição: CÂMARA, Yzy Maria Rabelo. Percepção, vivência e enfrentamento do sofrimento psíquico em crianças usuárias de CAPS infantil. 2011. 124 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1349
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_ymrcamara.pdf1,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.