Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1429
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCardoso , José Emílson-
dc.contributor.authorCysne, Alex Queiroz-
dc.date.accessioned2011-12-19T14:49:00Z-
dc.date.available2011-12-19T14:49:00Z-
dc.date.issued2009-02-26-
dc.identifier.citationCYSNE, A. Q. (2009)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1429-
dc.descriptionCYSNE, Alex Queiroz. Epidemiologia comparativa da resinose (Lasiodiplodia theobromae) do cajueiro em pomares comerciais o semi-árido nordestino. 2009. 69f. Dissertação(Mestrado em Agronomia/Fitotecnia)- Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.pt_BR
dc.description.abstractPresently, a cashew disease known as gummosis, caused by the fungus Lasiodiplodia theobromae, deserves special attention due to its infection to branches and trunks of woody plants imposing significantly reduction in nut yield. As the importance of disease increases, it becomes of fundamental importance the development of epidemiological studies to understand the ecological aspects involved on disease establishment and progress. This work aimed to study gummosis dynamics in time and space in three different clones of cashew. Patterns of dispersion in space and disease progress on time, as well as the components involved on these models such as disease progress curve, maximum disease intensity, area under the disease progress curve and the point of initial disease were studied analyzed in order to compare epidemics in the three clones with different disease reactions. The study was conducted in a commercial cashew farm in Pio IX district in Piaui state, Brazil. Gummosis incidence and severity data of collected from 2002 to 2007 were used for both time and space analyses for BRS 226, Embrapa 51 and Faga 11 clones. Disregarding differences in disease occurrence and severity among clones, a random pattern of dispersion was observed at the beginning of the epidemic followed by the development of new foci and expansion of original foci. Later, a clustered pattern was observed. Clones showed different fitness to epidemic models accordingly with their degree of susceptibility. Comparison of epidemics based on their components have shown significant differences among clones, providing evidence for the potential use of host resistance as a means of gummosis control.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectFITOPATOLOGIApt_BR
dc.subjectAnacardium occidentale Lpt_BR
dc.subjectpadrão espacialpt_BR
dc.subjectmodelos matemáticospt_BR
dc.subjectclonespt_BR
dc.titleEpidemiologia comparativa da resinose (Lasiodiplodia theobromae) do cajueiro em pomares comerciais o semi-árido nordestinopt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.abstract-ptbrAtualmente, a doença conhecida como resinose, causada pelo fungo Lasiodiplodia theobromae, vem merecendo destaque no semi-árido brasileiro devido ao ataque em galhos e ramos lenhosos da planta, provocando significativas perdas na produção de castanha. O desenvolvimento de estudos epidemiológicos é de fundamental importância no entendimento dos aspectos ecológicos envolvidos na ocorrência e progresso da doença. Este trabalho objetivou realizar estudos sobre a dinâmica espaço-temporal do patógeno em três diferentes clones de cajueiro. Foram estimadas a dispersão desta doença através de seu padrão espacial e temporal na área em estudo, estudando-se os componentes das análises como os modelos de curva de progresso da doença, intensidade máxima da doença, início de aparecimento dos sintomas e área abaixo da curva de progresso da doença, de forma a comparar epidemiologicamente o desenvolvimento desta doença em clones com diferentes reações. As áreas de estudo estão localizadas em uma propriedade situada no município de Pio IX, PI. Os dados de incidência e severidade foram coletados entre os anos de 2002 e 2007, e utilizados nas análises espaciais e temporais para os clones BRS 226, Embrapa 51 e Faga 11. Mesmo apresentando diferenças quanto à incidência e severidade, foi observado que a doença assume um modelo aleatório de dispersão no início da epidemia, e que o aumento da incidência se dá pelo surgimento de novos focos unitários e crescimento dos focos antes existentes. Posteriormente, registrou-se uma agregação de plantas doentes. Os clones apresentaram ajustes a diferentes modelos epidemiológicos de acordo com o grau de susceptibilidade. As comparações entre as epidemias baseadas nos seus componentes apresentaram diferenças significativas entre os clones de cajueiro, sugerindo o uso potencial da resistência genética do hospedeiro como método de controle da resinose do cajueiro.pt_BR
dc.title.enComparative epidemiology of cashew gummosis (Lasiodiplodia theobromae) in commercial orchards in the northeastern semi-aridpt_BR
Aparece nas coleções:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009-dis-aqcysne.pdf367,66 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.