Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1436
Título: Manejo cultural da mamoeira: época de plantio, irrigação, espaçamento e competição de cultivares
Título em inglês: Cultural handling of the castor bean: time of plantation, irrigation, spacing and competition to cultivate
Autor(es): Souza, Anielson dos Santos
Orientador(es): Távora, Francisco José Alves Fernandes
Palavras-chave: AGRONOMIA
Ricinus communis L.
produtividade.
manejo cultural
Data do documento: 27-Mar-2007
Citação: SOUZA, A. S. (2007)
Resumo: A mamoneira é uma planta oleaginosa arbustiva, e o óleo de suas sementes possui inúmeras aplicações industriais. Contudo, na atualidade tem-se dado ênfase ao seu emprego na produção de combustível renovável (biodiesel). O que reveste a cultura de grande importância econômica e ambiental. Desse modo, foram conduzidos dois ensaios experimentais durante os anos de 2003, 2004 e 2005, com o objetivo de avaliar o comportamento da mamoneira cultivada em diferentes épocas, espaçamentos e sob condições irrigadas e de sequeiro. Os trabalhos foram conduzidos na Fazenda Experimental Vale do Curu, que pertence ao Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará. No primeiro experimento a mamoneira cv. “BRS 149 Nordestina” foi semeada em quatro épocas, combinadas com dois regimes de irrigação. No segundo experimento, foram testadas duas cultivares (BRS 149 Nordestina e Mirante 10) semeadas em três espaçamentos e em duas épocas distintas. Verificou-se que a antecipação da semeadura para janeiro de 2004 com o uso da irrigação promoveu incrementos na produtividade de grãos e no número de racemos por planta, os quais possuem maior tamanho, peso e número de frutos. A suplementação hídrica foi mais vantajosa no início do crescimento da cultura do que após o término da estação chuvosa. As sementes dos racemos secundários e terciários possuem maior teor de óleo e massa de sementes. No experimento de 2005 foram obtidos os seguintes resultados: a época de plantio associada à irrigação promoveu aumentos da altura da planta, do número de ramos laterais e do número de internódios, além de retardar o florescimento e aumentar a produtividade de grãos. O número de racemos e de frutos por racemo reduziu com o plantio de sequeiro. Os racemos que mais contribuíram com a produtividade total foram os secundários seguidos dos terciários. A cv. Nordestina apresentou maior massa e teor de óleo das sementes do que a cv. Mirante 10. Em média sob condições irrigadas a massa das sementes aumentou, independente do espaçamento ou da cultivar utilizada. Por outro lado, a antecipação do plantio associada à irrigação reduziu o teor de óleo das sementes.
Abstract: The castor bean is an oil seed crop, and the oil present in the seeds has several industrial applications. Recently it has been suggested to be used as a renewable fuel (Biodiesel). As a consequence the crop has assumed a relevant ecological and economic importance. Two field studies were conducted in 2003, 2004 and 2005, with the objective of evaluating the behavior of castor bean grown at different times and spacing and under irrigated and rainfed conditions. The experiments were carried out at the "Fazenda Experimental do Vale do Curu", belonging to the Universidade Federal do Ceará, Brazil. In the first experiment the castor plant cv. BRS 149 Nordestina was sown at four different times of planting combined with two irrigation regimes. In the second experiment, two cultivars were evaluated (BRS 149 Nordestina and Mirante 10) seeded in three plant spacing and two different times. Irrigation was more profitable at the beginning of the cycle, prior the rain season than at the end of the rain period, at the end of the plant growth cycle. The combination of the anticipation of the sowing in January of 2004 with the use of irrigation promoted increments in the seed yield and number of racemes for plant and higher weight and number of fruits per raceme. Irrigation yielded better results when was associated with the earliness of planting, as compared with application of water at the end of the raining season. The seeds of the secondary and tertiary racemes possessed greater oil content and seeds weigh. When sowed in December of 2003 the primary racemes produced very light seeds. In the experiment of 2005 the following results were observed: the combination of anticipation of sowing with irrigation promoted increases of the height of the plant, number of lateral branches and the number of internodes, delayed flowering and increased grain yield. Under rain red conditions the number the number of fruits per raceme was reduced. Secondary racemes were responsible for the higher proportion of total seed yield, followed by the tertiary racemes. The cv. BRS 149 Nordestina showed higher seed weigh and oil content. Under irrigation condition the weigh of the seeds increased, independent of the spacing or cultivar used. The early planting associated with the irrigation practice reduced the oil content of the seeds.
Descrição: SOUZA, Anielson dos Santos. Manejo cultural da mamoeira: época de plantio, irrigação, espaçamento e competição de cultivares. 2007. 212f. Tese(Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)- Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1436
Aparece nas coleções:PPGFIT - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007-tese-assouza.pdf3,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.