Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14659
Título: Conhecimento da família sobre os fatores precipitantes da crise asmática na criança
Título em inglês: Family knowledge about precipitating factors of asthmatic crisis in children
Autor(es): Caetano, Joselany Áfio
Lima, Maria Alzete de
Soares, Enedina
Miranda, Maira di Ciero
Palavras-chave: Estado Asmático
Família
Enfermagem
Data do documento: Jul-2010
Editor: Rev Rene
Citação: CAETANO, J. Á.; LIMA, M. A.; SOARES, E.; MIRANDA, M. C. Conhecimento da família sobre os fatores precipitantes da crise asmática na criança. Rev. Rene, Fortaleza, v.11, n.3, p. 153-161, jul./set. 2010.
Resumo: Objetivou-se investigar o conhecimento da família quanto aos fatores precipitantes da crise asmática na criança; identificar as ações da família ante uma crise asmática e os recursos utilizados para controlá-la. Pesquisa transversal, descritiva, com 50 familiares de crianças asmáticas, mediante entrevista estruturada. Os resultados apontaram que a prevalência de asma foi maior entre as crianças de 1 a 7 anos e os conhecimentos dos seus familiares ainda são superficiais acerca dessa doença. Como medidas preventivas mais adotadas mencionaram evitar: ambiente empoeirado, andar descalço, beber água gelada, exposição a fumaças, contato com brinquedos ou animais de pelúcia. Tosse freqüente, “peito cerrado” e dificuldade de respirar foram os sintomas mais citados. Concluiu-se ser necessário criar programas destinados a desenvolver ações educativas de saúde com as famílias, no concernente ao estilo de vida, prevenção da exacerbação das crises e aderência ao tratamento.
Abstract: This study aimed to investigate how much families know about precipitating factors for asthmatic crisis in children; to identify their actions when a crisis occurs and the resources used to control it. It is a Cross-sectional and descriptive research, involving 50 relatives of children with asthma, using structured interviews. The results of the study show higher prevalence of asthma in children from 1 to 7 years old and that their relatives’ knowledge on this disease remains superficial. The most mentioned prevention measures were to avoid: dusty environments, barefoot walking, drinking cold water, exposure to smoke, contact with plush toys or animals. Frequent cough, “tight chest” and breathing difficulties were the most cited symptoms. Programs need to be created to develop health education actions with these families, addressing lifestyle, prevention of crisis exacerbation and treatment adherence.
Resumo em espanhol: La finalidad de este estudio fue investigar el conocimiento de la familia respecto a los factores precipitantes de la crisis asmática en niños; identificar las acciones de la familia ante una crisis asmática y los recursos utilizados para controlarla. Investigación transversal, descriptiva, con 50 familiares de niños asmáticos, mediante entrevista estructurada. Los resultados indicaron que la prevalencia de asma fue mayor entre los niños de 1 a 7 años y que los conocimientos de sus familiares acerca de esa enfermedad siguen siendo superficiales. Como medidas preventivas más adoptadas mencionaron evitar: ambiente con polvo, andar descalzo, beber agua helada, exposición a fumaradas, contacto con juguetes o animales de peluche. Tos frecuente, “pecho cerrado” y dificultad de respirar fueron los síntomas más citados. En conclusión, es necesario crear programas destinados a desarrollar acciones educativas de salud con las familias, respecto al estilo de vida, prevención de la exacerbación de las crises y adhesión al tratamiento.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14659
Tipo: Artigo de Periódico
ISSN: 2175-6783
Aparece nas coleções:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_art_jacaetano.pdf706,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.