Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15119
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMarques, Francisco Paulo Jamil Almeida-
dc.contributor.authorPessoa, Camila Mont'Alverne Barreto de Paula-
dc.date.accessioned2016-02-03T17:34:38Z-
dc.date.available2016-02-03T17:34:38Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationPESSOA, Camila Mont’Alverne Barreto de Paula. Pródigo em decisões contra o interesse público: imagem pública, agendamento e enquadramento do congresso nacional nos editoriais dos Jornais o Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo. 2016. 248 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Comunicação, Fortaleza (CE), 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15119-
dc.description.abstractAlthough diverse factors influence the shape of the public image of political actors and institutions, Journalism occupies a privileged role in this process. In respect to the editorial gender, newspapers put themselves in the discussion arena, defending their viewpoint and certain policies. Political agents, on the other hand, are aware of the coverage’s influence. They know how important it is to be supported or rejected in editorials and how much it can help or jeopardize their reelections plans, for example. Thus, this work aims to analyze which public image of the Brazilian Congress is shaped in the editorials of two newspapers, O Estado de S. Paulo and Folha de S. Paulo, identifying themes, characters and frames presented in their coverage. Besides, we also want to investigate the image that these newspapers shape to themselves in their editorials and identify the role they believe to play in the society. The corpus is composed by 164 editorials that mention the Congress, the Chamber of Deputies or the Senate, published by both newspapers, between 2011 and 2013. We use Content Analysis as methodology. This method provides support to identify the most frequently presented themes in the coverage, the most mentioned characters and the frames used to characterize the Brazilian Congress. Results point that both newspapers’ coverages regarding the referred institution are mostly composed of criticism. Most editorials dedicate themselves to Politics and the most frequent frame is conflicts between government and allies in the Congress and between government and Congress in general. Congressional representatives are characterized as self-interested and devoid of concerns with public spending. Other political agents and institutions are also characterized in a negative way, such as Executive institutions and, to a smaller extent, those of the Judicial power. To a certain extent, it is possible speak of an anti-political bias in the coverage, especially considering that the journalistic field legitimizes itself to the audience when it appears as supervisor of the political field. Despite the coverage’s tone of criticism, newspapers recognize the importance of the Congress to democracies. Criticism can actually contribute to make the political sphere more responsive, but we cannot forget that the interests of the journalistic institutions are at stake in editorials, generating tensions between public and private interests.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherwww.teses.ufc.brpt_BR
dc.subjectPolitical journalismpt_BR
dc.subjectBrazilian congresspt_BR
dc.subjectPublic imagept_BR
dc.subjectFramingpt_BR
dc.subjectJornalismo – Aspectos políticospt_BR
dc.subjectImprensa e políticapt_BR
dc.subjectPoder legislativopt_BR
dc.titlePródigo em decisões contra o interesse público: imagem pública, agendamento e enquadramento do Congresso Nacional nos editoriais dos Jornais o Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEmbora fatores distintos influenciem na configuração da imagem pública de agentes políticos e de instituições, o Jornalismo ocupa um papel privilegiado em tal processo. No caso do texto editorial, o jornal tem a oportunidade de se posicionar na arena de discussão, defendendo seus pontos de vista e determinadas políticas públicas. Os agentes políticos, por sua vez, estão cientes da influência da cobertura e do quanto ser apoiado ou rechaçado em um texto com caráter editorial pode ajudar ou comprometer, por exemplo, os planos de reeleição. Nesse contexto, a dissertação propõe analisar qual a imagem pública do Congresso Nacional construída nos editoriais dos jornais O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo, identificando temas, personagens e enquadramentos mais presentes na cobertura. Além disso, a intenção é investigar que imagem os periódicos analisados constroem de si nos editoriais, bem como identificar o lugar que acreditam ocupar socialmente. O corpus da pesquisa é composto por 164 editoriais que tratam do Congresso (de modo geral), da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal, publicado pelos dois jornais, entre 2011 e 2013. Os textos são examinados tendo como metodologia a Análise de Conteúdo, que oferece subsídios para identificar os temas mais abordados pela cobertura, as personagens mais citadas e os frames acionados para caracterizar o Legislativo Federal. Os resultados apontam que há uma cobertura predominantemente crítica em relação às referidas instituições por parte dos dois jornais. A maioria dos textos dedica-se à Política e o enquadramento mais frequente trata das relações conflituosas entre o governo e a base aliada e entre o governo e o Congresso de maneira geral. Os parlamentares são caracterizados como auto interessados e desprovidos de preocupações com o gasto público, mas a caracterização negativa não é exclusividade deles, acontecendo também em relação a agentes e instituições do Executivo e, em menor dimensão, do Judiciário. Em certa medida, pode-se falar em um viés antipolítico na cobertura, até porque é ao mostrar-se como fiscalizador do campo político que o Jornalismo se legitima perante a audiência. Considera-se que, apesar da cobertura crítica em relação ao Congresso, os periódicos sabem da importância da instituição para o regime democrático. Este tom pode, inclusive, contribuir para tornar a esfera política mais responsiva, mas não se podem esquecer que os interesses e as agendas das próprias instituições jornalísticas estão em jogo nos editoriais, criando uma tensão entre interesse público e privado.pt_BR
dc.title.enProdigal in decisions against public interest: public image, agenda-setting and framing of Brazilian Congress in editorials of O Estado de S. Paulo and Folha de S. Paulopt_BR
Appears in Collections:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_cmbppessoa.pdf1,86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.