Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15291
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLinhares, Fabrício Carneiro-
dc.contributor.authorFernandes, Valdeci Evangelista-
dc.date.accessioned2016-02-29T18:44:24Z-
dc.date.available2016-02-29T18:44:24Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationFERNANDES, Valdeci Evangelista. Análise da dinâmica da desigualdade de renda no Brasil. 2015. 48f. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza - Ce, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15291-
dc.description.abstractThis work has the purpose of investigating the dynamic regarding income inequality in Brazil in the period ranging from 1976 to 2012, where the representativeness of the change on per capita income inequality behavior driven by national, regional and local aspects was analyzed. For this, a regression model with panel data was utilized, along with Bayesian techniques application, on which a new estimation was performed after inserting new factors in the group of existent factors. Apart from the policies concerning income distribution, educational levels, real gains for minimum wage and economic growth, factors that have some degree of impact on per capita income inequality were analyzed as well. It could be concluded that states in the South, Southeast and Center West have more representative variables linked to the common national factor, to the detriment of the variables linked to the common regional factor, which is more relevant to the northern and northeastern states. Just the same, in the national variance decomposition, the strongest impact on inequality of local income is determined by the national factor for the South states, while in the regional variance decomposition the strongest impact on the local per capita income inequality is due to the northern states.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectDesigualdade de rendapt_BR
dc.subjectDesigualdades sociaispt_BR
dc.subjectRenda - Distribuiçãopt_BR
dc.subjectTeoria do campo Bayesianapt_BR
dc.titleAnálise da dinâmica da desigualdade de renda no Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEste trabalho tem o propósito de investigar a dinâmica na desigualdade de renda no Brasil no período de 1976 a 2012, onde se analisa a representatividade na alteração do comportamento da desigualdade de renda per capita motivada por aspectos nacionais, regionais e locais. Para isso, foi utilizado um modelo de regressão com dados em painel, com aplicação de técnicas Bayesianas, na qual é realizada uma nova estimativa após a inserção de novos fatores ao conjunto de fatores existentes. Além das políticas de distribuição de renda, dos níveis educacionais, dos ganhos reais do salário mínimo e crescimento econômico, também foram analisados outros fatores que causam impactos na desigualdade de renda per capita no país. Chegou-se a conclusão de que os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste possuem variáveis mais representativas ligadas ao fator comum nacional, em detrimento das variáveis ligadas ao fator comum regional que é mais relevante para os estados das regiões Norte e Nordeste. Da mesma forma, na decomposição da variância nacional o maior impacto na desigualdade de renda local é determinado por fator nacional para os estados do Sul do país, enquanto na decomposição da variância regional o maior impacto na desigualdade de renda per capita local é atribuído aos estados do Norte do país.pt_BR
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dissert_vefernandes.pdf814,01 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.