Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15536
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSaboia, Vicente de Paulo Aragão-
dc.contributor.authorBarros, Lívia de Oliveira-
dc.date.accessioned2016-03-17T11:31:34Z-
dc.date.available2016-03-17T11:31:34Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationBARROS, Lívia de Oliveira. Avaliação do método de preparo cavitário na integridade marginal e resistência de união de sistemas adesivos à dentina humana. 2015. 71 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15536-
dc.description.abstractSmear layer (SL) is an amorphous layer of organic and inorganic debris formed on the surface of dentin after mechanical preparation of a cavity with rotating or manual instruments. The cavity preparation method and micromorphological characteristcs of SL and underlying dentin surface, might affect the adhesive performance. The current study is divided in two chapters, whose aims: 1) To evaluate the effect of dentin surface preparation method on micromorphological characteristics of dentin surface and on the microtensile bond strength (μTBS) of two adhesive systems to dentin. (Chapter 1); 2) To evaluate the effect of cavity preparation method on marginal integrity and sealing ability of resin-tooth interface produced by two adhesive systems (Chapter 2). Standardized class I cavities (5 x 4 x 3 mm), with margins in enamel, were prepared in sound extracted human molars, according to the preparation method (n=20): (1) Medium grit diamond bur; (2) Medium grit diamond bur followed by extra-fine grit diamond bur; (3) 12 blades Tungsten carbide bur and (4) 12 blades Tungsten carbide bur followed by 30 blades Tungsten carbide bur. Composite restorations were inserted in cavities after AdperTM ScotchbondTM Multipurpose (SBMP) or ClearfilTM SE Bond (CSE) application. Epoxy replicas of restorations were obtained after 20,000 thermo-mechanical cycles. Resin-dentin bonded sticks were prepared for μTBS testing, pulled until failure at crosshead speed of 0.5 mm/min and failure pattern was evaluated (Chapter 1). For evaluated of restorations marginal integrity, epoxy replicas were observed under scanning electron microscope (SEM) to analysis of the percentage of gap-free margins (Chapter 2). Additional teeth (n=16) were prepared using same groups tested and investigated by SEM to micromorphological qualitative analysis of dentin surface and SL characteristics (Chapter 1). Extra teeth (n=48) were prepared, restored and then immersed in 2% methylene blue for dye penetration analysis (Chapter 2). Under SEM analysis, medium grit diamond bur produced thicker SL and more irregular dentin surface than Tungsten carbide burs. SBMP adhesive yielded the highest μTBS when medium grit diamond bur was used and for CSE 30 blades Tungsten carbide bur group showed the highest values (p<0.05) (Chapter 1). Cavity preparation methods did not affect the percentage of gap-free margins and dye penetration for SBMP (p>0.05). CSE exhibited the highest percentage of gap-free margins and lowest dye penetration when medium grit diamond bur was used (p<0.05) (Chapter 2). Dentin surface preparation 24 method affected SL characteristics, dentin surface topography, subsequently, resin- dentin bond strengths. Dentin surface irregularity was able to improve resin-dentin bond performance for SBMP. SL thickness and irregularity may compromise bonding efficacy of the self-etching system. The influence of the cavity preparation method on the marginal integrity and sealing ability were dependent of the adhesive used, once it affected more the performance of self-etching adhesive.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectPreparo da Cavidade Dentáriapt_BR
dc.subjectCamada de Esfregaçopt_BR
dc.subjectCimentos Dentáriospt_BR
dc.titleAvaliação do método de preparo cavitário na integridade marginal e resistência de união de sistemas adesivos à dentina humanapt_BR
dc.typeThesispt_BR
dc.description.abstract-ptbrSmear layer (SL) é uma camada de detritos orgânicos e inorgânicos que recobre a superfície dentária após a confecção de um preparo cavitário. O método de preparo cavitário e, consequentemente, as características micromorfológicas da SL podem afetar o desempenho dos sistemas adesivos. Este estudo foi dividido em dois capítulos, cujos objetivos foram: 1) Avaliar o efeito do método de preparo cavitário nas características micromorfológicas da superfície dentinária e na resistência de união (RU) de sistemas adesivos à dentina (Capítulo 1); 2) Avaliar o efeito do método de preparo cavitário na adaptação e selamento marginal da interface esmalte/restauração produzida por dois sistemas adesivos (Capítulo 2). Foram utilizados oitenta molares humanos hígidos extraídos nos quais foram confeccionadas cavidades padronizadas classe I (5 X 4 x 3 mm), com margens em esmalte, de acordo com o método de preparo cavitário utilizado: (1) Ponta diamantada de média granulação; (2) Ponta diamantada de média granulação seguida por ponta diamantada de granulação extra- fina; (3) Broca carbide de 12 lâminas e (4) Broca carbide de 12 lâminas seguida por broca carbide de 30 lâminas. Incrementos de resina composta foram inseridas nas cavidades após a aplicação dos sistemas adesivos Adper® Scotchbond® Multipurpose (SBMP) e Clearfil® SE Bond (CSE). Réplicas de resina epóxica da superfície oclusal das restaurações foram obtidas após serem submetidas 20.000 ciclos termomecânicos. Os espécimes foram cortados para obtenção de palitos da interface resina-dentina que foram testados em microtração e classificados conforme o padrão de fratura (Capítulo 1). As réplicas foram analisadas em MEV para avaliação de microfendas marginais (Capítulo 2). Dentes adicionais (n=16) foram preparados para avaliação qualitativa em MEV das características micromorfológicas da SL e da superfície dentinária (Capítulo 1). Outros dentes (n=48) foram submetidos aos mesmos procedimentos restauradores descritos acima e imersos em solução de azul de metileno a 2% para avaliação da microinfiltração marginal (Capítulo 2). Para cada teste foi aplicada a análise estatística apropriada. Avaliação qualitativa em MEV revelou SL mais espessa e superfície dentinária mais irregular para as pontas diamantadas quando comparadas as brocas carbide. O método de preparo cavitário afetou a RU de ambos sistemas adesivos. A ponta diamantada de média granulação apresentou os maiores valores de RU para SBMP e a broca carbide de 30 lâminas para CSE (p<0,05) (Capítulo 1). Os 22 métodos de preparo cavitário não afetaram a porcentagem de fendas marginais e a quantidade de microinfiltração marginal para o SBMP (p>0,05). CSE apresentou a maior porcentagem de margens livres de fendas e menor microinfiltração marginal (p<0,05) quando utilizado com ponta dimantada de média granulação (Capítulo 2). O método de preparo cavitário afeta as características da SL, da micromorfologia dentinária e, consequentemente, a RU. Superfícies dentinárias mais irregulares promoveram melhores valores de RU com o SBMP. Por outro lado, a irregularidade e a espessura da SL parecem comprometer o desempenho do sistema autocondicionante. O efeito do método de preparo cavitário no selamento e na adaptação marginal dependeu do sistema adesivo utilizado, uma vez que afetou mais o sistema adesivo autocondicionante.pt_BR
dc.title.enEffect of cavity preparation methods on marginal integrity and bonding strength of dental adhesivespt_BR
Appears in Collections:DCOD - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tese_lobarros.pdf23,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.