Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16414
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLessa, Paula Renata Amorim-
dc.contributor.authorRibeiro, Samila Gomes-
dc.contributor.authorAquino, Priscila de Souza-
dc.contributor.authorAlmeida, Paulo Cesar de-
dc.contributor.authorPinheiro, Ana Karina Bezerra-
dc.date.accessioned2016-04-26T12:02:31Z-
dc.date.available2016-04-26T12:02:31Z-
dc.date.issued2015-09-
dc.identifier.citationLESSA, P. R. A. et al. Validação da escala Adherence Determinants Questionnaire entre mulheres com câncer de mama e cervical. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 23, n. 5, p. 971-8, set./out. 2015.pt_BR
dc.identifier.issnImpresso 0104-1169-
dc.identifier.issnOn-line 1518-8345-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16414-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Latino-Americana de Enfermagempt_BR
dc.subjectCooperação do Pacientept_BR
dc.subjectNeoplasias da Mamapt_BR
dc.subjectNeoplasias do Colo do Úteropt_BR
dc.titleValidação da escala Adherence Determinants Questionnaire entre mulheres com câncer de mama e cervicalpt_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.description.abstract-ptbrObjetivos: objetivou-se traduzir e adaptar culturalmente a escala Adherence Determinants Questionnaire para a língua Portuguesa, no contexto brasileiro, e verificar a confiabilidade e a validade da mesma para analisar os elementos da adesão das pacientes ao tratamento clínico do câncer de mama e cervical. Método: trata-se de estudo metodológico, realizado em dois centros de referência em oncologia. A amostra foi composta por 198 participantes, sendo 152 em tratamento para câncer de mama e 46 em tratamento para câncer cervical. A validação de conteúdo foi realizada por um comitê de especialistas. Já a validação de construto se deu pela análise fatorial e a confiabilidade foi analisada por meio do alfa de Cronbach. Resultado: o comitê de especialistas fez os ajustes necessários para que a escala fosse adaptada ao contexto brasileiro. A análise fatorial sugeriu a redução de sete para cinco fatores, bem como a permanência dos 38 itens semelhantes à escala original. A confiabilidade averiguada pelo alfa de Cronbach foi de 0,829, revelando alta consistência interna. Conclusão: conclui-se que a escala Adherence Determinants Questionnaire - Versão Brasileira - é um instrumento válido, confiável e capaz de mensurar os elementos de adesão ao tratamento do câncer de mama e cervical.pt_BR
Appears in Collections:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_art_pralessa.pdf452,22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.