Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16480
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSampaio, José Levi Furtado-
dc.contributor.authorSilva, Jefferson Souza da-
dc.date.accessioned2016-04-29T14:34:27Z-
dc.date.available2016-04-29T14:34:27Z-
dc.date.issued2003-
dc.identifier.citationSILVA, Jefferson Souza da. A "Extensão Pesqueira" no desenvolvimento das comunidades litorâneas no estado do Ceará, Fortaleza – CE, 2003. 133 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós –Graduação, PRODEMA - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Fortaleza-CE, 2003.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16480-
dc.description.abstractThe work focuses on the relationship between the "fishing extension" that seems to us cannot be only "fishing" any more ..., and the coastal communities in the development process. Starting from the question - which sense can be given to the expression "fishing extension" considering the complexity in which the coastal communities are today inserted? - we first analyze public policies for fishing, proving that these have not been contributing to the development of the artisanal fishing, privileging, above all, the business and industrial sectors. The policies are characterized by the lack of integration; the lack of effective and qualified participation of the coastal populations in their definition and by the little importance given to environmental matters. The degradation of the environment, the dispute for ownership and use of the land and the predatory exploration of the natural resources increase the difficulties to achieve socio-environmental sustainability for the coastal communities. The communities face the challenge to increase their critical and propositive capacity, to influence in public policies, as well as to build efficient forms to produce and organize collectively. We point out that a public extension service could accomplish an important role in this process. However, considering the non-existence and/or previous errors, this service should be adjusted to the new socio-environmental framework of the new coastal world. To overcome the tecnicist and expansion order, based on conservative modernization and the mercantilization of the natural resources, of the current frameworkconstitutes a fundamental condition for the construction of this new model that will be guided by local development and social and spatial sustainability.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectOutrospt_BR
dc.subjectComunidades litorâneaspt_BR
dc.subjectCoastal communitiespt_BR
dc.subjectPescapt_BR
dc.subjectDesenvolvimentopt_BR
dc.subjectExtensão pesqueirapt_BR
dc.subjectPolíticapt_BR
dc.subjectFishingpt_BR
dc.subjectDevelopmentpt_BR
dc.subjectFishing extensionpt_BR
dc.subjectPoliciespt_BR
dc.titleA "Extensão Pesqueira" no desenvolvimento das comunidades litorâneas no estado do Cearápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrO trabalho trata da relação, entre a “extensão pesqueira”, que nos parece, não pode ser mais, só "pesqueira"..., e as comunidades litorâneas no processo de desenvolvimento. Partindo do questionamento — Qual o sentido que se pode se dar a noção de “extensão pesqueira” frente à complexidade, em que hoje, estão inseridas as comunidades litorâneas? — empreendemos uma incursão nas políticas públicas para pesca, evidenciando que estas não têm contribuído para o desenvolvimento da pesca artesanal, privilegiando, sobretudo o setor empresarial/industrial. Visto serem permeadas pela ausência de integração entre elas; pela falta de participação efetiva e qualificada das populações litorâneas na definição desta e pela pouca relevância dada as questões ambientais. A degradação ambiental, a disputa pela posse e uso da terra e a exploração predatória dos recursos naturais, aumentam as dificuldades na construção da sustentabilidade sócio-ambiental das comunidades litorâneas. As comunidades ficam com o desafio de aumentar sua capacidade crítica e propositiva, para influir nas políticas públicas, bem como, construir formas eficientes de produzir e se organizar coletivamente. Ressaltamos que um serviço público de extensão, poderia cumprir um papel importante neste processo. No entanto, diante da ausência e/ou equívocos anteriores, este serviço necessitaria ser ajustado aos novos arranjos sócio-espaciais do novo mundo litoral. Superar o cunho tecnicista e difusionista, balizado na modernização conservadora e na mercantilização dos recursos naturais, da proposta vigente constitui condição fundamental para a construção deste novo modelo, que tenha em seu norte referencial o desenvolvimento local e a sustentabilidade “sócio-espacial”.pt_BR
dc.title.enThe "fishing extension" in the development of the coastal communities in the State of the Cearápt_BR
Appears in Collections:PRODEMA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003_dis_jssilva.pdf782,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.