Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16561
Título: A imagem americana de beleza física e as mudanças provocadas pelo “Black power” na década de 60
Autor(es): VAUGHAN, Patrícia Anne
Palavras-chave: Mudanças paradigmáticas
Influência
Black power
Data do documento: 2000
Editor: Revista de Letras
Citação: VAUGHAN, P. A. (2000)
Resumo: Uma breve análise das mudanças paradigmáticas ocorridas nos Estados Unidos na década dos 60, quando o lema “Black is Beautiful” foi adotado pela população negra para expressar um novo orgulho da sua origem africana. A imagem americana de beleza física até então tinha sofrido a influência nociva da cultura dominante dos brancos, principalmente através dos modelos propostos pelos filmes de Hollywood, como nos mostra Toni Morrison no seu romance The Bluest Eye. A partir dos anos 60, porém, a nova idéia de que negro também é belo começa a ser propagada pelo país através de um estilo muito próprio dos negros se vestirem e se pentearem e, sobretudo, no mundo das artes. Escritores como Langston Hughes e Lorraine Hansberry começam a ganhar popularidade nacional nas áreas de poesia e teatro, e um jovem bailarino, Arthur Mitchell, consegue tirar garotos e garotas das ruas de Harlem (bairro negro de Nova York) e montar o Dance Theater of Harlem, hoje conhecido internacionalmente.
Abstract: The traditional American idea of blonde and blueeyed beauty was powerfully influenced by the dominant white culture and made even more popular by the images projected in the films of Hollywood up until the 1960, as Toni Morrison makes clear in her powerful short novel, The Bluest Eye. However, at this time, the new idea that “black is beautiful” was adopted by the Negro population as a way of expressing ancestral pride in its African origins and showed itself concretely in a new way of dressing, in a new hair style (aptly called the “afro”) but, above all, in the world of art and culture. Talented black writers such as Langston Hughes and Lorraine Hansberry made their presence felt on the literary scene and soon gained national popularity in the areas of poetry and drama. A young black man, Arthur Mitchell, took young people off the streets of Harlem and introduced them to the world of dance. Today the Dance Theater of Harlem is known internationally.
Descrição: VAUGHAN, Patrícia Anne. A imagem americana de beleza física e as mudanças provocadas pelo “Black power” na década de 60. Revista de Letras, Fortaleza, v. 22, n. 1/2, p. 59-62, jan./dez. 2000.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16561
ISSN: 0101-8051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2000_art_pavaughan.pdf45,48 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.