Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16878
Título: Produção e purificação parcial de IgY anti-lectina de sementes de Canavalia brasiliensis (ConBr) (Leguminosae) em galinhas poedeiras
Título em inglês: Production and partial purification of IgY anti- lectin of Canavalia brasiliensis seeds (ConBr) (Fabaceae) in laying hens
Autor(es): Correia Neto, Cornevile
Orientador(es): Cavada, Benildo Sousa
Palavras-chave: Proteínas
Imuno-histoquímica
Imunoglobulinas
Data do documento: 2015
Citação: CORREIA NETO, C. (2015)
Resumo: As lectinas constituem um grupo de proteínas presentes em diversos organismos vivos, sobretudo em vegetais e especialmente em sementes de Leguminosae. Dentre essa família, uma espécie que se destaca por possuir grande quantidade de lectina na semente é a Canavalia brasiliensis. Uma das possíveis abordagens para a investigação de lectinas em sistemas biológicos é a detecção das mesmas através de técnicas que envolvam anticorpos. Tais técnicas podem incluir desde ensaios clássicos de imunoquímica (imunodifusão, imunoeletroforese e rocketimunoeletroforese), até experimentos de ELISA e técnicas avançadas de microscopia. Neste sentido, os anticopos tornam-se ferramentas biotecnológicas de grande valia uma vez que são capazes de reconhecer especificamente epítopos das moléculas alvo. As imunoglobulinas (Igs) são proteínas presentes em grande concentração no plasma sanguíneo de mamíferos. São os vetores da imunidade humoral, tendo como função principal unir-se aos antígenos estranhos ao indivíduo, de modo a neutralizá-los. No caso das aves a principal classe de imunoglobulinas (IgYs) pode ser encontrada não somente no sangue mas também nas gemas dos ovos. Esse fato permite purificação rápida e eficiente dessas moléculas facilitando seu uso como insumos biotecnológicos. Dessa forma, este trabalho teve por objetivo produzir anticorpos contra a lectina extraída da semente de Canavalia brasiliensis (ConBr) (Leguminosae) em galinhas poedeiras, implementando metodologia de produção de novos insumos biotecnológicos para o estudo de lectinas. Para tanto galinhas poedeiras foram imunizadas com 200 ou 400μg da lectina de Canavalia brasiliensis (ConBr) por 15 semanas em intervalos de 10 dias. Ovos coletados das aves imunizadas tiveram suas gemas isoladas e precipitadas na fração 0-30% com sulfato de amônio para a purificação parcial das IgYs. A confirmação da presença dos anticorpos foi feita por ensaios de imunodifusão em gel de agarose. A fração 0-30% apresentou, a partir da primeira semana após a imunização, as IgYs capazes de reconhecer ConBr. Esse perfil se apresentou em todos os grupos ao longo das 15 semanas de experimento. A produção das IgYs específicas contra a lectina de Canavalia brasiliensis (ConBr) se mostrou viável e permaneceu durante todo experimento, possivelmente em quantidades razoáveis. Neste sentido, as IgYs produzidas nesse trabalho constituem uma potente ferramenta biotecnológica a ser disponibilizada para estudos futuros.
Abstract: Lectins are a group of proteins present in various living organisms, particularly in plants and especially in Leguminosae seeds. Among this family, a species that stands out for having large amount of lectin in the seed is the Canavalia brasiliensis. One approach for the investigation of lectins on biological systems is the detection there of by techniques involving antibody. Such techniques may include from classical immunochemical assays (immunodiffusion, immunoelectrophoresis and rocketimunoeletroforese) to ELISA experiments and advanced microscopy techniques. In this sense, antibodies become biotechnological tools invaluable since they are capable of specifically recognizing epitopes of the target molecules. Immunoglobulins (Igs) are proteins present in high concentration in the blood plasma of mammals. They are vectors of humoral immunity, with the primary function to join the foreign antigens to the individual so as to neutralize them. In the case of poultry the main immunoglobulin class (IgYs) can be found not only in blood, but also in egg yolk. This fact enables fast and efficient purification of these molecules facilitating its use as biotechnological inputs. Thus, this study aimed to produce antibodies against the lectin extracted from Canavalia brasiliensis seed (ConBr) (Fabaceae) in laying hens, implementing production methodology of new biotechnological inputs for the study of lectins. For this laying hens were immunized with 200 or 400μg of lectin Canavalia brasiliensis (ConBr) for 15 weeks at 10-day intervals. Collected eggs from vaccinated birds had their isolated and precipitated yolk in 0-30% fraction with ammonium sulfate for partial purificaçãoo of IgYs. Confirmation of the presence of antibodies was made by immunodiffusion assays agarose gel. The fraction showed 0-30%, from the first week after the immunization, capable of recognizing ConBr IgYs. This profile appeared in all groups over the 15-week experiment. The production of specific IgYs against the lectin from Canavalia brasiliensis (ConBr) proved feasible and remained throughout the experiment, possibly in reasonable quantities. In this sense, IgYs produced in this work provide a powerful biotechnological tool to be made available for future studies.
Descrição: CORREIA NETO, Cornevile. Produção e purificação parcial de IgY anti-lectina de sementes de Canavalia brasiliensis (ConBr) (Leguminosae) em galinhas poedeiras. 2015. 72 f. Dissertação (mestrado em biotecnologia de recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16878
Aparece nas coleções:PPGENP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_dis_ccorreianeto.pdf1,63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.