Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16897
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDantas, Eustógio Wanderley Correia-
dc.contributor.authorAraújo, Enos Feitosa de-
dc.date.accessioned2016-05-19T17:37:04Z-
dc.date.available2016-05-19T17:37:04Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationARAÚJO, Enos Feitosa de. Políticas governamentais e metropolização no Nordeste Brasileiro: Apontamentos espaciais nas cidades de João Pessoa (PB), Maceió (AL) e Aracaju (SE). 2015. 402 f. Tese (doutorado em geografia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16897-
dc.description.abstractIn recent years, tourism presents itself as a multifaceted phenomenon and globalized character. Thus, tourism has several spatial aspects about their dynamics from the regional characteristics (differentiation and qualities of places, given the natural physiology as urban dynamics) as the metropolitan aspects (infrastructure concentration, urban and commercial services) or for aspects city-tour (locations that are born or are modified before the Tour, especially modified by spatial planning led by the State and the private sector). Thus, the research was based on three steps: a) the first, start by gathering and systematization of publications, documents, statistical and mapping; the second involves the construction of statistical database (in some cases, geo-referenced) on the addressed States and overall, the Northeast, and finally, the third, is characterized by theoretical and practical socio-spatial construction. And how in fact, to understand the Brazilian Northeast (as a region and as a space formed from their agents) need to understand the regional and metropolitan issues. Because it is from these dynamics that tourism presents itself as an economic activity widespread and planned by the Government and the private sector in various locations in the Northeast. It is from this regional-metropolitan dynamics that mainly will cover the cities of João Pessoa, Maceio and Aracaju, they are spaces that are metropolitan areas and feature the importance of metropolitan aspects (from cities close to them) as the regional dynamics (with speech and investments aimed at the Brazilian Northeast). From the regional and metropolitan dynamics related to these cities to understand how urban-regional planning through tourism is differentiated and unevenly, following the webs of political and economic relations existing in the actual construction of the Northeast. In other words,and at the same time creating new ones - in the Brazilian Northeast.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectGeografia - Brasil, Nordestept_BR
dc.subjectTurismo - Brasil, Nordestept_BR
dc.subjectAspectos ambientais - Brasil, Nordestept_BR
dc.titlePolíticas governamentais e metropolização no nordeste brasileiro: apontamentos espaciais nas cidades de João Pessoa (PB), Maceió (AL) e Aracaju (SE)pt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.co-advisorPereira, Alexandre Queiroz-
dc.description.abstract-ptbrNos últimos anos, o turismo se apresenta como um fenômeno multifacetado e de caráter mundializado. Assim, o turismo apresenta vários aspectos espaciais quanto às suas dinâmicas, desde as características regionais (diferenciação e qualidades dos lugares, perante a fisiologia natural como as dinâmicas urbanas) como pelos aspectos metropolitanos (concentração de infraestrutura, serviços urbanos e comerciais) ou pelos aspectos urbano-turísticos (localidades que nascem ou são modificadas perante o turismo, principalmente modificadas pelo planejamento espacial capitaneado pelo Estado e a iniciativa privada). Desta forma, a pesquisa foi baseada em três etapas: a) a primeira, inicia pelo levantamento e sistematização de material bibliográfico, documental, estatístico e cartográfico; a segunda contempla a construção da base de dados estatísticos (em alguns casos, georreferenciados) sobre os Estados abordados e no geral, a Região Nordeste, e por fim, a terceira, se caracteriza pela construção teórica e prática socioespacial. E como de fato, para compreendermos o Nordeste brasileiro (como região e como espaço formado a partir de seus agentes) precisamos compreender os aspectos regionais e metropolitanos. Porque é a partir destas dinâmicas que o turismo apresenta-se como uma atividade econômica difundida e planejada pelo Poder Público e a iniciativa privada em vários locais da Região Nordeste. É a partir desta dinâmica regional-metropolitana que abordaremos principalmente as cidades de João Pessoa, Maceió e Aracaju, pois são espaços que são regiões metropolitanas e apresentam a importância dos aspectos metropolitanos (a partir das metrópoles próximas a eles) como pela dinâmica regional (com o discurso e investimentos voltados ao Nordeste Brasileiro). A partir das dinâmicas regionais e metropolitanas relacionadas às estas cidades que entenderemos como o planejamento urbano-regional através do turismo é de forma diferenciada e desigual, acompanhando as teias de relações políticas e econômicas existentes na própria construção da região Nordeste. Em outras palavras, as políticas governamentais do turismo em sua consolidação, promovem as desigualdades espaciais já existentes – e ao mesmo tempo, criando novas – no Nordeste brasileiro.pt_BR
dc.title.enGovernment policies and metropolization in the northeast brazilian: Spatial notes in the cities of João Pessoa (PB), Maceió (AL) and Aracaju (SE)pt_BR
Appears in Collections:DGR - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tese_efaraujo.pdf10,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.