Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16965
Título em portugués: Análise investigativa de polimorfismos genéticos associados à suscetibilidade da infecção da dengue em pacientes do Brasil
Título em inglés: Investigative analysis of genetic polymorphisms associated with susceptibility of dengue infection in patients Brazil
Autor: Cansanção, Isaac Farias
Tutor(es): Rabenhorst, Silvia Helena Barem
Palabras clave : Polimorfismo Genético
Infecção sintomática
Manifestações clínicas
Fecha de publicación : 2015
Citación : CANSANÇÃO, I. F. (2015)
Resumen en portugués: A dengue é uma doença infecciosa que detém altas taxas de morbidade e mortalidade em países tropicais e subtropicais do mundo. A infecção pode ser assintomática, possuir sinais de alerta ou levar à gravidade. A diversidade destas manifestações pode ser afetada, principalmente, pela relação sorotipo/genótipo do vírus. Diferentes interleucinas estão diretamente associadas com a infecção de dengue, e estas estão estreitamente relacionadas com a imunopatogênese da doença. Polimorfismos genéticos de citocinas podem ser responsáveis pelo desequilíbrio do processo inflamatório, sendo potenciais marcadores da susceptibilidade à dengue bem como responsáveis pelos sintomas a ela associados. Neste estudo, polimorfismos de nucleotídeo único (SNP) das interleucinas (IL) 1β -511C>T, IL1RN VNTR 86 bp, IL6 -174G>C, IL10 -819C>T e TNFα -308G>A foram analisados em um grupo de 198 indivíduos com suspeita de infecção por dengue, durante agosto de 2011 a agosto de 2013. A dengue foi confirmada em 118 pacientes e o grupo controle consistiu em 80 indivíduos sem dengue. Os dados clínicos e epidemiológicos foram coletados de prontuário ou entrevista pessoal. As frequências genotípicas de todos os SNPs analisados estavam em equilíbrio de Hardy-Weinberg (HWE), exceto o gene TNFα. A principal associação encontrada foi o alelo T do IL1β (-511C>T) para susceptibilidade a dengue (P<0,05). Análises de associação mostraram que a presença do alelo polimórfico de IL6 (-174G>C) mostrou um aumento da susceptibilidade para dengue quando combinado com pelo menos um alelo polimórfico de TNFα e com o alelo polimórfico do IL1β (-511C>T). Além disso, o genótipo heterozigoto de IL10 (-819 C>T) e IL1β (-511C>T) foram significativamente associados com TNFα (-308G>A) e com IL1RN com genótipos homozigotos polimórficos para ambos, respectivamente. Considerando os sintomas clínicos, apenas tontura foi encontrado associado com o alelo T do IL1β -511C>T (P = 0,01). Nossos dados mostraram a importância do polimorfismo do IL1β (-511C>T) para a susceptibilidade de dengue e ressalta o efeito aditivo de algumas interleucinas. Também demonstrou que este polimorfismo pode ser um marcador para sintomas de dengue, o que pode ser relevante para abordagens terapêuticas.
Resumen en inglés: Dengue is an infectious disease that is associated with high morbidity and mortality rates in tropical and subtropical countries. Infection can be asymptomatic or have warning signs leading to severity. The diversity of these episodes can be affected mainly by the ratio of serotypes/genotypes of the virus. Different interleukins are directly associated with dengue infection, and they are closely related to the immunopathogenesis of the disease. Genetic polymorphisms of these cytokines may be responsible for the imbalance of the inflammatory process and markers for dengue susceptibility and may be related to dengue symptoms. In this study, single nucleotide polymorphisms (SNPs) of the interleukins (IL) IL1β -511C>T, IL1RN bp VNTR 86, IL6 -174G>C and IL10 -819C>T and TNFα -308G>A were analyzed in a group of 198 individuals with suspected dengue infection, during August 2011 to August 2013. Dengue was confirmed in 118 patients, and the control group consisted of another 80 individuals without dengue. Clinical and epidemiological data were collected from medical records or personal interviews. The genotype frequencies of all SNPs analyzed were found to be in Hardy-Weinberg equilibrium (HWE), except for the TNFα gene. The major finding was the association of the IL1β (-511C>T) T allele with dengue susceptibility (p <0.05). Analysis of association showed that the presence of the IL6 (-174G>C) polymorphic allele showed an increase in dengue susceptibility combined with at least a polymorphic allele of TNFα and with IL1β (-511C>T) polymorphic allele. Also, the heterozygous genotype of IL10 (-819 C>T) was significantly associated with TNFα (-308G>A) and IL1β (-511C>T) with IL1RN homozygous polymorphic genotypes for both, respectively. Considering the clinical symptoms, only dizziness was found to be associated with the T allele IL1β (-511C>T) (P = 0.01). Our data showed the importance of IL1β (-511C>T) polymorphism for dengue susceptibility and highlighted the additive effect of some interleukins. Also shown was that this polymorphism can be a marker for dengue symptoms, which may be relevant for therapeutic approaches.
Descripción : CANSANÇÃO, Isaac Farias. Análise investigativa de polimorfismos genéticos associados à suscetibilidade da infecção da dengue em pacientes do Brasil. 2015. 119 f. Tese (doutorado em biotecnologia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI : http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16965
Aparece en las colecciones: RENORBIO - Teses defendidas na UFC

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
2015_tese_ifcansancao.pdf10,32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.