Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17129
Título: Atividade microbiana na rizosfera de fruteiras no semiárido cearense
Título em inglês: Microbial activity in the fruit of rhizosphere semiarid cearense
Autor(es): Dantas, Belchior Luiz
Orientador(es): Weber, Olmar Baller
Palavras-chave: Ecologia
Bioindicador
Diversidade de microrganismos
Seleção r/k
Região semiárida
Diversity of microorganisms
Data do documento: 2011
Citação: DANTAS, B. L. (2011)
Resumo: Os microrganismos são essenciais para manter as funções do solo em áreas naturais e agrícolas, por causa de seu envolvimento em processos-chave na estrutura do solo, envolvendo a decomposição de matéria orgânica, a ciclagem de nutrientes e obtenção de energia, a fixação de nitrogênio atmosférico, a decomposição de xenobióticos e o controle biológico de pragas e doenças. Partindo do pressuposto de que ambientes de sistemas agrícolas têm mais indivíduos r-estrategistas, enquanto áreas de floresta têm mais indivíduos K-estrategistas, objetivou-se neste estudo avaliar a dinâmica populacional e atividade dos microrganismos na rizosfera de fruteiras tropicais e comparar com uma área de vegetação natural do semiárido cearense. Foram coletadas amostras de solo sob influência de abacaxizeiro, cultivares MD2 e Imperial, de sapotácea, clone BRS 228, em áreas sem a influência das fruteiras e numa faixa de vegetação natural adjacente ao pomar, no município de Trairi, estado do Ceará. As amostragens de solo superficial (camada de 0 a 10 cm) foram realizadas em junho, setembro e dezembro de 2010, para posterior análise de atributos microbiológicos e bioquímicos do solo. A biomassa microbiana e o quociente metabólico (qCO2) variaram entre as áreas e as épocas avaliadas, enquanto o teor de carbono orgânico e o quociente microbiano (qMIC) variaram apenas com as áreas e a respiração edáfica mudou ao longo do ano. Houve pouca variação na estimativa da quantidade glomalina entre as áreas e foi observada uma tendência de redução desta proteína ao longo dos períodos do ano. A fosfatase ácida e a urease apresentaram maior atividade no solo sob vegetação natural, enquanto a enzima desidrogenase foi mais ativa em áreas do pomar. A densidade populacional de bactérias cultiváveis foi maior no solo do pomar, enquanto a de fungos cultiváveis foi semelhante para as áreas avaliadas e variando entre os períodos do ano. A densidade de esporos de fungos micorrízicos arbusculares (FMA) no solo foi influenciada negativamente pelo estabelecimento de fruteiras, em comparação com a área de vegetação natural. A prevalência de Glomus foi comum nas diferentes áreas, e a abundância relativa das comunidades foi maior no solo com vegetação natural. Para as condições do estudo pode-se inferir: os parâmetros microbiológicos são sensíveis à cobertura vegetal e podem ser usados para avaliar a qualidade do solo; os teores de carbono orgânico e da biomassa microbiana, a respiração basal e os quocientes metabólico e microbiano do solo são influenciados pelo manejo do solo no pomar e as práticas agrícolas influenciam na diversidade de FMA, selecionando provavelmente os fungos r-estrategistas.
Abstract: Microorganisms are essential to keep the normal soil functioning in both natural and agricultural areas, mainly due to their implication in key processes occurring in soil structure, such as organic matter decomposition, nutrients cycling and energy captation, atmospheric nitrogen fixation, xenobiotics degradation and biological pests and diseases control. Assuming the existence of a higher number of r-strategists individuals in agricultural systems, while forest areas have more K-strategists, this study aimed to evaluate the populational dynamics and microbial activity in the rhizosphere of fruit plants, comparing them to a natural vegetation from the semiarid region of Ceará. Soil samples under the influence of pineapple plants, cultivars MD2 and imperial, and of sapodilla plants, clone BRS 228, and also without the influence of fruit plants, but from a natural vegetation adjacent to the orchard, were collected. This collection was made in Trairi municipality, Ceará state. Superficial soil sampling (layer from 0 to 10 cm) were made in June, September and December 2010, for microbiological and biochemical analysis. Microbial biomass and metabolic quotient (qCO2) varied between the areas and periods evaluated, whereas the organic carbon content and the microbial quotient (qMIC) varied only between areas. Soil respiration varied along the year. There was a little variation in the glomalin concentration estimation between the areas and there was a tendency of reduction of this protein along the year. Acid phosphatase and urease showed greater activity in soil under natural vegetation, while the dehydrogenase enzyme was most active in orchard areas. The population density of culturable bacteria was higher in the orchard soil, while the populations of culturable fungi were similar between areas and ranged between periods of the year. The spores density of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) in soil was negatively influenced by the establishment of fruit plants, when compared to the natural vegetation area. The prevalence of Glomus species was common in different areas; relative abundance of those fungi communities was higher in soil under natural vegetation. Under conditions of this study we conclude: microbiological parameters are sensitive to the type of vegetation cover and can be used to evaluate the soil quality, the organic carbon and microbial biomass, basal respiration and metabolic and microbial quotients are influenced by the soil and orchard management. Agricultural practices can influence the diversity of AMF species, presumably selecting the r-strategists fungi.
Descrição: DANTAS, Belchior Luiz. Atividade microbiana na rizosfera de fruteiras no semiárido cearense. 2011. 110 f. Dissertação (Mestrado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17129
Aparece nas coleções:DBIO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_bldantas.pdf3,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.