Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17406
Título: Indicadores de sustentabilidade de reservatórios no semi-árido brasileiro: uma proposta para a bacia do rio Jaguaribe - Ceará
Título em inglês: Sustainability indicatorsde of brazilian semiarid reservoirs: a proposal for Jaguaribe river basin - Ceará
Autor(es): Santos, Marcelo Brauner dos
Orientador(es): Studart, Ticiana Marinho de Carvalho
Palavras-chave: Recursos hídricos
Hidrologia
Sustentabilidade
Indicadores
Data do documento: 2-Set-2009
Citação: SANTOS, M. B. (2009)
Resumo: De todos os fenômenos naturais que afligem a região da Bacia do Rio Jaguaribe, com certeza, o mais danoso é o fenômeno da seca. A maneira encontrada, ao longo dos anos, para superar essa adversidade foi a construção de reservatórios de água superficiais, como forma de garantir a vazão dos mesmos nos períodos de estiagem. O problema é que construção de grande parte desses reservatórios foi executada sem um estudo detalhado de sua sustentabilidade hídrica, ocasionando a criação de um grande conjunto de reservatórios ineficientes. A solução desse problema está no gerenciamento responsável da rede de reservatórios já existentes e na realização de estudos aprofundados de sustentabilidade de projetos futuros. Para que isso seja possível, é necessário que existam ferramentas capazes de medir a sustentabilidade de reservatórios, tais como índices e indicadores. Foi realizada uma pesquisa sobre os indicadores e índices de sustentabilidade existentes na literatura, e, adequando-os a realidade da Bacia do Rio Jaguaribe, criou-se o conjunto de medidas formado pelos indicadores de confiabilidade, resiliência, vulnerabilidade e o índice de sustentabilidade do Jaguaribe, que medem sustentabilidade hídrica do reservatório. Para realizar o estudo de caso, utilizaram-se 34 reservatórios localizados na Bacia do Rio Jaguaribe, os quais foram simulados para 12 cenários diferentes, variando-se as suas capacidades e retiradas, de modo que fossem obtidos fatores adimensionais de capacidade (fK) iguais a 1, 2 e 4, além do fK relativo a capacidade real do próprio reservatório, assim como fatores adimensionais de retirada (fM) iguais a 0,25; 0,50 e 0,75. Os resultados obtidos para este conjunto de medidas se mostraram consistentes e revelaram que os reservatórios estudados, de forma generalizada, foram classificados como de baixa sustentabilidade hidrológica.
Abstract: From all the natural phenomena that afflict the region of Jaguaribe River Basin, the drought is certainly the most damaging. The manner found, with the passing of the years, to overcome this adversity is to build superficial water reservoirs, as a mean to assure their flow during the droughts. The problem is that the building of most of those reservoirs was executed without a detailed study of their hydrologic sustainability, resulting in the construction of a great number of inefficient reservoirs. The solution to this problem is based on the responsible management of the existing reservoir network and the realization of sustainability studies on future projects. To make this possible, tools capable of measuring the reservoir sustainability, as well as indexes and indicators, become necessary. We have searched the literature about Indicators and indexes of sustainability and adapted them to the situation of the Jaguaribe River Basin. From this research, a set of measurements formed by indicators of reliability, resiliency, vulnerability and the sustainability index of the Jaguaribe, that measures the hydrologic sustainability of the reservoir. To realize this case study, 34 reservoirs located in the Jaguaribe River Basin were used, which were simulated for 12 different scenarios, varying their capacities and outflows to obtain dimensonless capacity factors (fK) equal to 1, 2, 4 and the real one. Also to obtain release dimensonless factors (fM) equal to 0.25, 0.5 and 0.75. The results obtained for this set of measurements were consistent and revealed that the studied reservoirs, in general, were classified as reservoirs of low hydrologic sustainability.
Descrição: SANTOS, M. B. Indicadores de sustentabilidade de reservatórios no semi-árido brasileiro: uma proposta para a bacia do rio Jaguaribe - Ceará. 2009. 127 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Recursos Hídricos) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17406
Aparece nas coleções:DEHA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_mbsantos.pdf3,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.