Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17510
Título: Adolescência e qualidade de vida em São Paulo
Autor(es): BENINCASA, Miria
CUSTODIO, Eda Marconi
Palavras-chave: Adolescência
Qualidade de vida
WHOQOL-100
Avaliação
Data do documento: 2010
Editor: Revista de Psicologia
Citação: BENINCASA, M.; CUSTÓDIO, E. M. (2010)
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida em adolescentes matriculados no Ensino Médio do Município de São Paulo buscando fornecer subsídios para políticas públicas e privadas visando à melhoria da qualidade de vida desta população. Método. Para avaliar uma amostra representativa de 2434 estudantes do Ensino Médio do município de São Paulo utilizou-se um questionário para avaliação de classe econômica (ABEP, 2007) e o questionário de qualidade de vida WHOQOL-100. Resultados. Observou-se que vários aspectos influenciam na qualidade de vida desta população. Os estudantes do gênero masculino declararam qualidade de vida mais alta do que as do gênero feminino. Da mesma forma, os adolescentes mais novos tenderam a relatar melhor qualidade de vida que os mais velhos. Os representantes das classes sócio-econômicas mais altas também apresentaram melhor qualidade de vida. Conclusões. Tais resultados podem contribuir para o desenvolvimento de políticas públicas e privadas visando à melhoria da qualidade de vida desta população.
Abstract: Introduction. The objective of this study was to evaluate the quality of life of High School adolescents in the city of São Paulo, seeking assistance for public and private policies and quality of life improvement for this population. Method. In order to evaluate a representative group of 2,434 High School students in the city of São Paulo, a questionnaire for economic evaluation (ABEP, 2007) and the quality of life questionnaire WHOQOL-100 were used. Results. It was noted that a number of aspects influence this population’s quality of life. Male students declared a higher quality of life than female students. Similarly, younger adolescents tended to report better quality of life compared to older ones. Representatives of higher socioeconomic classes also presented better quality of life. Conclusions. These results can contribute to the development of public and private policies aiming to improve the quality of life of this population.
Descrição: BENINCASA, Miria; CUSTODIO, Eda Marconi. Adolescência e qualidade de vida em São Paulo. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 1, n. 2, p. 23-39, jul./dez. 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17510
ISSN: (on line) 2179 - 1740
(impresso) 0102 - 1222
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_art_mbenincasaemcustodio.pdf496,51 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.