Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17639
Título: Valores de referência de qualidade para metais pesados em solos de mangue do Estado do Ceará: subsídios para gestão da zona costeira
Título em inglês: Quality reference values for heavy metals in mangrove soils of the State of Ceará: subsidies for coastal zone management
Autor(es): Moreira, Camila Campos Lopes
Orientador(es): Meireles, Antônio Jeovah de Andrade
Palavras-chave: Geografia física
Manguezais
Região semiárida
Monitoramento ambiental
Mangroves
Semiarid region
Data do documento: 2014
Citação: MOREIRA, C. C. L. (2014)
Resumo: Nos dias de hoje, atividades relacionadas à urbanização e à industrialização têm contribuído para o aumento das concentrações de metais pesados nos diversos tipos de solo. Tais elementos apresentam relevante toxicidade e podem se acumular no ambiente, configurando sério risco à saúde humana e dos ecossistemas em geral. Nesse cenário, percebe-se uma preocupação crescente dos países em adotar uma política ambiental eficiente e, dessa forma, a determinação da concentração natural (níveis de background) de metais nos solos e o estabelecimento de valores de referência de qualidade (VRQs) já são realidade em alguns países, inclusive no Brasil. Entretanto, percebe-se a escassez de estudos dessa natureza que contemplem os solos sob florestas de mangue no país, onde tais áreas são bastante expressivas e desempenham importantes funções e serviços no ambiente. Nesse contexto, a contaminação dos solos de mangue por metais pesados é uma das grandes questões ambientais da atualidade, podendo, inclusive, comprometer os estuários em toda a sua extensão. Assim, foi realizado um estudo em solos de mangue do Estado do Ceará visando a classificação e caracterização dos mesmos, além da determinação dos teores naturais de metais e a consequente proposição de seus VRQs. Para isso, foram realizadas análises físicas, químicas e mineralógicas, extração dos metais por métodos de digestão semitotal (EPA 3051A e água régia) e a determinação dos VRQs foi realizada de acordo com o disposto na resolução n° 420/2009 do CONAMA. Os resultados obtidos indicaram que o clima predominantemente semiárido da região explica o comportamento dos principais atributos desses solos (ex: CE, COT, constituição mineralógica). Verificou-se ainda que os teores de metais nos solos em questão são influenciados pela intensidade da interferência antropogênica nos ambientes costeiros, tendo em vista que os solos de mangue do estuário do rio Ceará, inserido em contexto urbano e submetido a diversos tipos de tensões ambientais, apresentaram os maiores fatores de enriquecimento de metais. Por outro lado, observou-se que a distribuição de tais elementos nesses solos é também regida por interações entre os próprios metais e dos mesmos com atributos como a fração argila e os óxidos de Fe e Mn. Além disso, a digestão por água régia mostrou-se eficiente na extração de metais nesses solos, enquanto o EPA 3051A, indicado pelo CONAMA para avaliações de qualidade dos solos, subestimou os teores dos metais disponíveis nos mesmos. Diante do exposto, os teores naturais dos metais determinados no presente estudo podem servir de base para a definição de VRQs para os solos de mangue do Estado do Ceará, auxiliando o órgão ambiental responsável na formulação de uma legislação específica para o monitoramento das áreas de manguezal do Estado, configurando, portanto, uma nova perspectiva para a gestão dos ambientes estuarinos.
Abstract: Currently, activities related to urbanization and industrialization have contributed to increased concentrations of heavy metals in different types of soil. These elements have significant toxicity and can accumulate in the environment, configuring serious risk to human health and ecosystems in general. Thus, there is an increasing concern among countries in adopting an efficient environmental policy and, thus, the determination of natural concentration (background levels) of metals in soils and the consequent establishment of Quality Reference Values (QRV) are reality in some countries, including Brazil. However, there is a lack of studies like these related to soils under mangrove forests in the country, where these areas play very important roles and services in the environment. In this context, the contamination of mangrove soils by heavy metals is one of the major environmental issues today and may even compromise the estuaries throughout its length. Thus, a study was carried out in mangrove soils of the State of Ceará aiming their classification and characterization, beyond the determination of natural levels of metals in these soils and the consequent proposition of their QRV. For this, physical, chemical and mineralogical analyzes were realized, beyond the metals extraction by methods of semitotal digestion (EPA 3051A and aqua regia) and the determination of QRV was performed in accordance with the resolution 420/2009 of CONAMA. The results indicated that the semiarid climate preponderant in this region explains the behavior of the main attributes of these soils (ex: EC, TOC, mineral composition). It was also found that the levels of metals in these soils are influenced by the intensity of anthropogenic interference in the coastal environments, given that mangrove soils of Ceará River estuary, inserted into urban context and subjected to environmental stresses, showed the highest enrichment factors of metals. On the other hand, it was observed that the distribution of these elements in this environment is also regulated by interactions between the metals themselves and with attributes as clay and Fe and Mn oxides. Furthermore, the aqua regia digestion was efficient in extracting metals in these soils, while EPA 3051A, indicated by CONAMA for soil quality assessments, underestimated the available levels of metals in the analyzed soils. Given the above, the natural levels of metals determined in this study can serve as a basis for defining QRV for mangrove soils of the State of Ceará, assisting the environmental agency in the formulation of a specific legislation for monitoring mangrove areas in the State, thus setting a new perspective for the management of estuarine environments.
Descrição: MOREIRA, Camila Campos Lopes. Valores de referência de qualidade para metais pesados em solos de mangue do Estado do Ceará: subsídios para gestão da zona costeira. 2014. 164 f. Tese (Doutorado em geografia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17639
Aparece nas coleções:DGR - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_tese_cclmoreira.pdf5,76 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.