Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1785
Título: Processo de enfermagem em UTI : implantando etapas para integralizar o sistema de assistência
Título em inglês: Case of nursing in UTI : integralizar steps for implementing the system of assistance
Autor(es): Madeira, Lucivaldo dos Santos
Orientador(es): Rodrigues, Maria Socorro Pereira
Palavras-chave: Unidades de Terapia Intensiva
Avaliação em Enfermagem
Cuidados de Enfermagem
Data do documento: 2003
Citação: MADEIRA, L. S. (2003)
Resumo: O presente trabalho tem como proposta integralizar o Processo de Enfermagem (PE) na Unidade de Terapia Intensiva de um Hospital Militar, inserindo às etapas já existentes, o Histórico e o Diagnóstico de enfermagem, a fim de melhor favorecer uma assistência ordenada, inter-relacionada e integrada. O estudo foi desenvolvido no Hospital Geral de Fortaleza (Militar), Organização Militar de Saúde do Exército Brasileiro, situada no município de Fortaleza, Estado do Ceará. A pesquisa baseou-se no referencial teórico de Wanda de Aguiar Horta e na classificação diagnóstica da NANDA. Fez parte dos objetivos a adaptação de um modelo científico do Histórico e do Diagnóstico de enfermagem; a aplicação de um Projeto de Treinamento para os profissionais envolvidos e a experimentação do Processo de Enfermagem integralizado na UTI. A amostra constituiu-se de 6 enfermeiros, 1 acadêmico de enfermagem e 15 auxiliares de enfermagem, atuantes na UTI do referido hospital. Os dados foram coletados por meio da observação livre, com anotações em um diário de campo, processadas de acordo com as fases de integralização dos instrumentos do P.E..prevista para o período de agosto a dezembro de 2002. Utilizou-se para o estudo uma abordagem metodológica qualitativa com enfoque na pesquisa ação. Os resultados foram trabalhados segundo o método de Análise de Conteúdo e organizados em três categorias temáticas a saber: A Integralização e Implementação do P.E. na UTI; O Treinamento para a implantação do Processo de Enfermagem e Vantagem de selecionar uma teoria apropriada para subsidiar a experiência. Com exceção da última categoria temática, as duas iniciais estão inseridas em subcategorias temáticas. Ficou evidenciado que a seleção pelo referencial teórico, deve estar de acordo com o conhecimento dos profissionais na realidade encontrada; registraram-se benefícios e vantagens na utilização do P.E. integralizado, como às peculiaridades da UTI, tanto em função da gravidade do paciente, quanto do ambiente organizacional; o treinamento com o pessoal envolvido deve ser de preferência contínuo e em serviço; os aspectos motivacionais, tipo motivação e satisfação do grupo devem estar sendo continuamente trabalhados; o planejamento da implementação do P.E. deve envolver todos os integrantes da UTI e contar com o apoio da Instituição, na pessoa do chefe imediato, é um fator propulsor. Portanto, conclui-se com o trabalho, que o P.E integralizado favoreceu a autonomia profissional, proporcionando um cuidado qualificado com maior satisfação para o cliente e para a Instituição.
Descrição: MADEIRA, Lucivaldo dos Santos. Processo de enfermagem em UTI : implantando etapas para integralizar o sistema de assistência. 2003. 121 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1785
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2003_dis_lsmadeira.pdf394,13 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.