Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17876
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorDantas, Sérgio Silva-
dc.contributor.authorCiampa, Antonio da Costa-
dc.date.accessioned2016-06-22T17:32:11Z-
dc.date.available2016-06-22T17:32:11Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationDANTAS, Sérgio Silva; CIAMPA, Antonio da Costa. Projeto de vida e identidade política: um caminho para a emancipação. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 5, n. 2, p. 138-152, jul./dez. 2014.pt_BR
dc.identifier.issn2179-1740(online)-
dc.identifier.issn0102-1222(impresso)-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17876-
dc.description.abstractThis paper brings the reflexion, in the context of social psychology, of the importance of considering in studies at the field of Identity, the analysis not only of history but also the life project of individuals, in order to collect information about your identity process. The theoretical framework for this discussion was the sintagma identity-metamorphosis-emancipation proposed by Ciampa (1987/2009), as well as their basis in Habermas theory of communicative action (1975, 1983, 1987). The existence of a political identity, coupled with an autonomous life project lead the individual to this condition. Appears at the end of the article, a case in which, to give up the adherence to heteronomous identity politics and taking a political identity, the subject achieved emancipation fragments in his life project.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista de Psicologiapt_BR
dc.subjectIdentidadept_BR
dc.subjectProjeto de vidapt_BR
dc.subjectIdentidades políticaspt_BR
dc.titleProjeto de vida e identidade política: um caminho para a emancipaçãopt_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.description.abstract-ptbrEsse artigo buscou trazer à discussão, no âmbito da Psicologia Social, a importância de se considerar, em estudos sobre Identidade, a análise não só da história, mas também do projeto de vida dos sujeitos como forma de coletar informações sobre seu processo identitário. Serviu de referencial teórico para essa discussão o sintagma identidade-metamorfose-emancipação, proposto por Antônio da Costa Ciampa, bem como seu embasamento na teoria da ação comunicativa de Habermas. A existência de uma identidade política, somada a um projeto de vida autônomo, conduzem o indivíduo para a emancipação de sua identidade. É apresentado, ao final do artigo, um caso em que, ao abrir mão da adesão à políticas de identidade heterônomas e assumindo uma identidade política, o sujeito conseguiu fragmentos de emancipação em seu projeto de vida.pt_BR
Appears in Collections:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_art_ssdantasacciampa.pdf632,83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.