Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17950
Título: De Ferenczi a Balint: o desenvolvimento da questão da análise didática
Autor(es): VIEIRA, Marcus Kleredis Monteiro
CRUXÊN, Orlando Soeiro
Palavras-chave: Análise didática
Formação do analista
Ferenczi
Balint
Data do documento: 2015
Editor: Revista de Psicologia
Citação: VIEIRA, M. K. M.; CRUXÊN, O. S. (2015)
Resumo: Este trabalho trata das formulações de Ferenczi e Balint sobre a análise pessoal para o psicanalista em formação. Ao propor a chamada “técnica ativa”, Ferenczi lança novas exigências ao trabalho do psicanalista. Observa-se que essas exigências, concernentes aos atributos pessoais do psicanalista, engendraram o aumento das ambições relativas à análise com fins de formação, que, segundo Ferenczi, deveriam avançar para além da remissão dos sintomas, chegando até o esgotamento das fantasias inconscientes. Balint, por sua vez, rompeu a barreira de silêncio que pairava sobre a chamada “análise didática” desde sua adoção pela IPA como requisito para a formação do psicanalista. Destaca-se aqui a crítica do autor às formas assumidas pela análise didática no interior das instituições afiliadas à IPA e sua abordagem do desenvolvimento da questão da análise de formação no movimento psicanalítico, da chegada dos primeiros psicanalistas até o início da década de cinqüenta do século XX.
Abstract: This work deals with postulations by Ferenczi and Balint related to personal analysis of the training psychoanalyst. By proposing the so-called “active technique”, Ferenczi launched new requirements for the psychoanalyst’s function. It is observed that those requirements concerning personal abilities presented by the psychoanalyst engendered an increase in ambitions related to analysis aimed at formation which, according to Ferenczi, should extend beyond remission of symptoms until unconscious fantasies become exhausted. In his turn, Balint flew over the silence barrier that impeded application of the so-called “training analysis” since its adoption by IPA as a requirement for the formation of the psychoanalyst. One is to highlight here the author’s critical appraisal of forms assumed by training analysis within institutions affiliated with IPA and his approach to the development of the issue concerning formation analysis in the psychoanalytical movement since arrival of the first psychoanalysts up to the beginning of the 50’s decade in the XX century.
Descrição: VIEIRA, Marcus Kleredis Monteiro; CRUXÊN, Orlando Soeiro. De Ferenczi a Balint: o desenvolvimento da questão da análise didática. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 6, n. 2, p. 95-106, jul./dez. 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17950
ISSN: 2179-1740(online)
0102-1222(impresso)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_mkmvieiraoscruxen.pdf391,07 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.