Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18420
Título: Políticas culturais: avaliação do Centro Cultural Banco do Nordeste
Título(s) alternativo(s): Políticas culturales: evaluación del Centro Cultural Banco do Nordeste
Politiques culturelles: l’évaluation du Centre Culturel ‘Banco do Nordeste’
Título em inglês: Cultural policies: assessment of ‘Banco do Nordeste’ Cultural Center
Autor(es): TABOSA, Hamilton Rodrigues
Palavras-chave: Políticas públicas
Políticas culturais
Avaliação
Centros culturais
Banco do Nordeste
Public policy
Cultural policy
Evaluation
Cultural centers
Políticas culturales
Evaluación
Centros culturales
Politiques publiques
Politique culturelle
Évaluation
Centres culturels
Data do documento: 2012
Editor: Revista Avaliação de Políticas Públicas
Citação: TABOSA, H. R. (2012)
Resumo: O objetivo da dissertação foi avaliar o Centro Cultural Banco do Nordeste em Fortaleza, enquanto locus público de produção, formação, fruição e difusão de bens e produtos culturais, como uma estratégia da política de fomento à cultura do Banco do Nordeste. O Banco do Nordeste é um banco público de desenvolvimento regional, sendo que o fator que distingue um banco de desenvolvimento das demais instituições financeiras é sua missão: ajudar a promover o desenvolvimento regional sustentável da região onde atua. Visando promover o desenvolvimento do Nordeste em diversos aspectos e em várias áreas, uma das ações do referido Banco, além de desempenhar sua missão de instituição bancária, com suas funções econômicofinanceiras, é a manutenção de centros culturais, o que o configura como um agente promotor de políticas culturais. Daí parte nossa problemática: de que modo a oferta de produtos e serviços do Centro Cultural Banco do Nordeste (sede Fortaleza) atende às políticas estabelecidas pelo Banco do Nordeste, visando à promoção do acesso à cultura? Há três Centros Culturais Banco do Nordeste, sendo dois no Ceará: o Centro Cultural Fortaleza e o Centro Cultural Cariri; o Centro Cultural Souza fica no estado da Paraíba. O locus da pesquisa é o Centro Cultural localizado em Fortaleza. [...]
Abstract: The aim of the master’s thesis was to evaluate ‘Banco do Nordeste Cultural Center’ in Fortaleza as a strategy of the bank’s policy for promotion of the culture, since the cultural center is considered as a public locus of production, training, enjoyment and dissemination of cultural goods and services. ‘Banco do Nordeste’ is a public bank for regional development. The factor that distinguishes a development bank from other financial institutions is its mission: to help promote sustainable regional development in the region where it operates. Besides promoting the development of NE (Northeast of Brazil) in various aspects and in various areas and performing its mission as a bank, with its economic-financial functions, one of the actions of the bank is the maintenance of cultural centers, which sets it as a promoter of cultural policies. The problematic origins at this point: How does the offer of products and services of Banco do Nordeste Cultural Center (headquarters Fortaleza) meet the policies established by Banco do Nordeste in order to promote access to culture? There are three Cultural Centers of Banco do Nordeste, two in Ceará: Fortaleza Cultural Center and Cariri Cultural Center; the third one, Souza Cultural Center is in the State of Paraíba. The locus of the research consisted of the Cultural Center in Fortaleza. [...]
Resumo em espanhol: El objetivo de la tesis fue evaluar el Centro Cultural Banco do Nordeste, en Fortaleza, como lócus de la producción, la educación, el disfrute y la difusión de bienes y servicios culturales, como una estrategia política de la promoción cultural del Banco do Nordeste. El Banco do Nordeste es un banco público de desarrollo regional, y lo que distingue un banco de desarrollo de otras instituciones financieras es su misión: contribuir para el desarrollo regional sustentable de la región donde actúa. Para promover el desarrollo de la región Nordeste, en diferentes aspectos y en áreas distintas, además de su misión como empresa bancaria, con sus funciones económico-financieras, es responsable por el mantenimiento de los centros culturales, lo que lo coloca como un agente de promoción de políticas culturales. Con base en eso nos preguntamos: ¿en qué medida la oferta de productos y servicios del Centro Cultural Banco do Nordeste (Fortaleza) contempla las políticas establecidas por el Banco do Nordeste en cuanto al acceso a cultura? Son tres los Centros Culturales Banco do Nordeste, dos de ellos en Ceará: el Centro Cultural Fortaleza y el Centro Cultural Cariri. Otro, el Centro Cultural Souza se ubica en el estado de Paraíba. Ya la investigación ocurrió en el Centro Cultural de Fortaleza. [...]
Descrição: TABOSA, Hamilton Rodrigues. Políticas culturais: avaliação do Centro Cultural Banco do Nordeste. Revista Avaliação de Políticas Públicas, v. 2, n. 10., p. 109-114, jul./dez. 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18420
ISSN: 19843100
Aparece nas coleções:DCI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_art_hrtabosa.pdf500,3 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.