Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18526
Título: Estudo químico e atividade larvicida do óleo essencial das folhas de Piper aduncum L.
Título em inglês: Chemical study and larvicide activity of essential oil from leafs of Piper aduncum
Autor(es): Figueiredo, Pablo Busatto
Orientador(es): Silva, Maria Goretti de Vasconcelos
Palavras-chave: Química
Piper aduncum
Dilapiol
Atividade larvicida
Aedes aegypti
Bioinseticida
Data do documento: 2014
Citação: FIGUEIREDO, P. B. (2014)
Resumo: Os óleos essenciais produzidos por diversas espécies vegetais são misturas, por vezes, bastante complexas com variadas funções ecológicas como inibição de germinação, proteção contra predadores, atração de polinizadores, proteção contra perda de água e aumento da temperatura. Os óleos essenciais são obtidos através de métodos físicos de extração e apresentam diversas aplicações, como flavorizantes, conservantes, fixadores, agentes antibacterianos e antifúngicos. Vários produtos industriais também utilizam óleos essenciais em suas formulações, como pesticidas, repelentes e atraentes se apresentando como uma alternativa natural no controle ou na eliminação de pragas. A restrição de alguns pesticidas sintéticos promoveu ainda mais a pesquisa em busca de novos produtos que pudessem desempenhar a função daqueles que não estão mais disponíveis no mercado. Vários biopesticidas estão relatados na literatura e dentre eles o dilapiol, que é um fenilpropanoide de atividade inseticida comprovada, encontrado em alto teor no óleo essencial de Piper aduncum L. (Piperaceae). Neste trabalho, foi analisada a variabilidade quantitativa do dilapiol nos óleos essenciais (OE) obtidos das folhas frescas de P. aduncum e quando submetidas a 24, 48, 72 e 96h de secagem a 40 °C. Os OE foram submetidos a reações de hidrogenação e hidroxilação em busca de biopesticidas mais ativos e todos os produtos foram analisados por CG-EM, RMN1H e RMN13C. O teor de dilapiol foi analisado por CG–FID e por CLAE, obtendo-se em média 89,68% e 89,91% respectivamente, e permitiu concluir que a temperatura de secagem não influencia no conteúdo deste composto presente no OE de P. aduncum. O segundo componente majoritário do óleo foi identificado como β-cariofileno (4,47%). O ensaio larvicida frente a Aedes aegypti realizado forneceu IC50 de 47,12 mg/L, confirmando o potencial deste produto como biopesticida.
Abstract: Essential oils produced by various plant species are mixtures sometimes quite complex with varied ecological functions, such as inhibition of germination, protection against predators, attraction of pollinators, protection against water loss and temperature rise. Essential oils are obtained by physical extraction methods and present several applications, such as flavorings, preservatives, fixatives, antibacterial and antifungal agents. Various industrial products also use essential oils in their formulations, such as pesticide repellents and attractive presenting as a natural alternative to control or eliminate pests. The restriction of some synthetic pesticides further promoted the search for new products that could play the role of those who are no longer available in the market. Several biopesticides are reported and among them dilapiolle, which is a phenylpropanoid with proven insecticidal activity found in high content in essential oil of Piper aduncum L. (Piperaceae). In this work, we analyzed the quantitative variability in dilapiolle essential oils (EO) obtained from fresh leaves of P. aduncum and when subjected to 24, 48, 72 and 96 h of drying at 40 °C. The EO underwent hydrogenation and hydroxylation reactions in search of more active biopesticides and all products were analyzed by GC-MS, NMR 1H and NMR 13C. The content of dilapiolle was analyzed by GC-FID and HPLC, yielding on average 89.68 % and 89.91 % respectively and showed that the drying temperature does not influence the content of this compound in P. aduncum EO. The second major component of the oil was identified as β-caryophyllene (4.47 %). The test larvicide against Aedes aegypti performed provided IC50 of 47.12 mg/L, confirming the potential of this product as a biopesticide.
Descrição: FIGUEIREDO, Pablo Busatto. Estudo químico e atividade larvicida do óleo essencial das folhas de Piper aduncum L. 2014. 80 f. Dissertação (Mestrado em química)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18526
Aparece nas coleções:DQOI - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_dis_pbfigueiredo.pdf7,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.