Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18600
Título: Respostas de plantas de feijão-de-corda à aplicação de biofertilizantes via foliar, sob condições de baixa e alta salinidade
Título em inglês: Responses of cowpea plants foliar application of biofertilizers, under salinity conditions
Autor(es): Silva, Francisco Leandro Barbosa da
Orientador(es): Lacerda, Claudivan Feitosa de
Palavras-chave: Engenharia agrícola
Vigna unguiculata L
Água salina
Insumo orgânico
Vigna unguiculata L
Saline water
Data do documento: 2011
Citação: SILVA, F. L. B. (2011)
Resumo: Diante da necessidade de se buscar altas produtividades e menores custos em áreas salinizadas, o uso de fertilizantes orgânicos vem sendo muito utilizado na agricultura, como é o caso do biofertilizante bovino, entretanto estudos mostram que sua utilização, como minorador dos efeitos adversos da salinidade, vem sendo pouco estudada. Objetivou-se com esse trabalho avaliar as respostas de plantas de feijão-de-corda à aplicação foliar de biofertilizante, sob condições de salinidade. A pesquisa foi realizada na fazenda experimental do Vale do Curu, em Pentecoste, Ceará, entre novembro de 2010 a janeiro de 2011. As plantas foram dispostas em um arranjo de parcelas subdivididas, no delineamento em blocos ao acaso, com quatro blocos. As parcelas consistiram de quatro diferentes concentrações de sais na água de irrigação, via gotejamento (0,5, 2,2, 3,6 e 5,0 dS m -1) e as subparcelas consistiram de quatro níveis de biofertilizante, correspondendo a 0, 15, 30 e 45% do volume aplicado. A irrigação com água salina foi via gotejamento e os sais utilizados para preparar os tratamentos foram: NaCl, CaCl 2 .2H 2 O, MgCl 2 .6H 2 O, na proporção 7:2:1. No preparo do biofertilizante foi usado esterco bovino fresco e água na proporção (1:1). As doses de biofertilizantes foram aplicadas semanalmente, até o inicio da floração. Durante o experimento foram feitas capinas manual, para o controle de ervas daninhas e aplicação de defensivos no controle de patógenos. Na condução do experimento foram verificadas trocas gasosas, avaliada o crescimento vegetativo e ao final foram coletas as vagens para avaliação da produtividade. A salinidade influenciou as trocas gasosas (fotossíntese, condutância estomática e concentração interna de CO 2 ), crescimento (matéria seca e total), produção (peso de grãos e produtividade) e nutrientes (relação K/Na), sem influência nos demais teores de minerais, nem tampouco no acúmulo destes sais no solo. A baixa influência da salinidade nas variáveis analisadas ocorreu, devido aos elevados índices de chuva (233,0 mm), durante o experimento. De um modo geral não foi observado efeito significativo na aplicação do biofertilizante via foliar, mostrando que aplicação não minorou o efeito da salinidade de irrigação. Devido à baixa influência do biofertilizante à salinidade da água, pode-se afirmar que, a aplicação pode não ser a recomendada para a cultura, necessitando de mais estudos, tanto na forma de aplicação, quanto na proporção a ser aplicado.
Abstract: Faced with the need to seek higher yields and lower costs in saline areas, the use of organic fertilizers has been widely used in agriculture, as is the case of bovine biofertilizer, but studies show that its use as a minority of the adverse effects of salinity, has been little studied. The objective of this study was to evaluate the responses of cowpea to foliar application of biofertilizer under salinity conditions. The survey was conducted at the experimental farm Vale of Curu, at Pentecoste, Ceará, from november 2010 to january 2011. The plants were arranged in a split plot arrangement in a randomized block design with four blocks. The plot consisted of four different concentrations of salts in irrigation water via drip (0.5, 2.2, 3.6 and 5.0 dS m-1) and the subplots consisted of four levels of biofertilizers, corresponding to 0 , 15, 30 and 45% of the volume applied. The irrigation with saline water was dripping through and salts used to prepare the treatments were: NaCl, CaCl 2 .2H 2 O, MgCl 2 .6H 2 O in the proportion 7:2:1. In biofertilizer preparation was used fresh cattle manure and water in proportion (1:1). The doses of biofertilizers were applied weekly until the beginning of flowering. During the experiment were made manual weeding to control weeds and application of pesticides to control pathogens. In conducting the experiment were checked gas exchange, vegetative growth and assessed at the end of the pods were collected to assess productivity. Salinity influenced gas exchange (photosynthesis, stomatal conductance and internal CO 2 concentration), growth (dry matter and total), production (grain weight and yield) and nutrients (K / Na), without influence in other levels of minerals, nor the accumulation of salts in the soil. The influence of low salinity in the variables occurred due to high levels of rainfall (233.0 mm) during the experiment. Generally no significant effect was observed in the foliar application of biofertilizer, showing that application does not lessen the effect of saline irrigation. Due to the low influence of the biofertilizer the salinity of the water, it can be stated that the application can not be recommended for cultivation, requiring more studies, both in the form of application, as in proportion to be applied.
Descrição: SILVA, Francisco Leandro Barbosa da. Respostas de plantas de feijão-de-corda à aplicação de biofertilizantes via foliar, sob condições de baixa e alta salinidade. 2011. 63 f. Dissertação (Mestrado em engenharia agrícola)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18600
Aparece nas coleções:PPGENA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_flbsilva.pdf1,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.