Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19189
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSilva, Meire Celedônio da-
dc.contributor.authorLeurquin, Eulália Vera Lúcia Fraga-
dc.date.accessioned2016-08-19T16:36:19Z-
dc.date.available2016-08-19T16:36:19Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationSILVA, Meire Celedônio da; LEURQUIN, Eulália Vera Lúcia Fraga. Experiência de formação docente e de elaboração de material didático para o ensino de Português como língua estrangeira. In: Simpósio Internacional de Ensino de Língua Portuguesa, 4., 2014, Uberlândia. Anais... Uberlândia: EDUFU, 2014, p. 1-9.pt_BR
dc.identifier.issn2237-8758-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19189-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectFormação de Professorespt_BR
dc.subjectMaterial didáticopt_BR
dc.subjectEnsino e aprendizagempt_BR
dc.titleExperiência de formação docente e de elaboração de material didático para o ensino de Português como língua estrangeirapt_BR
dc.typeArtigo de Eventopt_BR
dc.description.abstract-ptbrO ensino e a aprendizagem de língua portuguesa para estrangeiros e a formação de professores para atuarem nesse contexto traduzem preocupações que ultimamente ganham, mesmo em ritmo lento, mais espaço no contexto da Linguística Aplicada. Isso decorre de muito fatores, mas ressaltamos o status do Brasil no exterior e o desdobramento disso (a chegada de estrangeiros ao nosso país, por motivos diversos). Devido a este desdobramento, observamos o aumento de interesse de escolas particulares pela oferta da língua portuguesa para estrangeiros e a necessidade de as universidades ofertarem cursos para os estudantes de mobilidade acadêmica, vindos de diferentes países. Paradoxalmente, vemos no país a falta de uma política coerente com as nossas reais necessidades. Desdobramentos disso é claramente observado em sala de aula e fora dela (o material didático utilizado, o agir professoral que traduz a formação do professor, a ausência de documentos que possam assegurar encaminhamentos necessários a quem trabalha nesta área, entre outros). Nesse trabalho,apresentamos a nossa experiência com ensino de português como língua estrangeira na Universidade Federal do Ceará (UFC), realizado através do Grupo de Estudos e Pesquisas em Linguística Aplicada (GEPLA). Trata-se de um projeto de extensão (Português Língua Estrangeira: língua e cultura brasileiras) cujo público alvo é o estudante de mobilidade acadêmica da UFC, coordenado pela professora Eulália Leurquin e desenvolvido com a colaboração de alunos da graduação e da pós-graduação. Para além das aulas, há as oficinas de produção de material e as discussões teóricas e metodológicas envolvidas nesta atividade. Desdobramentos vem se traduzindo em pesquisas de mestrado e doutorado realizadas e em realização.Por reunir tais características, esse conjunto de ações entram no projeto maior de formação inicial e continuada de professores. Como base teórica metodológica,utilizamos as contribuições do Interacionismo Sociodiscursivo (BRONCKART, 1999, 2008) no que diz respeito às orientações sobre leitura, compreensão de textos/discurso em formas diferentes de gêneros e análise linguística. Para tratar de questões didáticas, a fim de desenvolver as capacidades de linguagem porque “ensinar uma língua é ensinar a comunicar nessa língua” -evocamos os estudos genebrinos sobre as sequências didáticas (SCHNEUWLY; DOLZ, 2004).pt_BR
Appears in Collections:DLV - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_eve_mcdasilva.pdf323,55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.