Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19223
Título: Nychthemeral variations of Tintinnina (Ciliata: Oligotrichida) near the Rocas Atoll (South Atlantic) and relationships with other microzooplanktonic components
Título(s) alternativo(s): Variação nictemeral dos Tintinnina (Ciliata: Oligotrichida) na região do Atol das Rocas (Atlântico Sul) e relações com outros componentes do microzooplâncton
Autor(es): Nogueira, Eliane Maria de Souza
Sassi, Roberto
Palavras-chave: Invertebrado
Data do documento: Jul-2011
Citação: NOGUEIRA, E. M. de S. ; SASSI, R.(2011)
Resumo: Informações disponíveis sobre o microplâncton em águas oceânicas do Atlântico Sul são ainda muito escassas. Os tintinídeos e outros organismos microzooplanctônicos foram obtidos nas águas da superfície oceânica em uma estação fixa nas imediações do Atol das Rocas (nordeste do Brasil) em diferentes períodos do dia, de 14 a 16 de março de 1999. Os tintinídeos dominaram e foram representados por 42 espécies. A maior diversidade e abundância de microzooplâncton foram encontradas em amostras diurnas, embora grandes flutuações fossem observadas regularmente. A maior diversidade e abundância foram observadas durante o dia às 06:00 e 14:00, e durante à noite, às 19:00 e 21:30. As espécies mais freqüentes e abundantes foram Rhabdonellopsis apophysata (Cleve) Kofoid & Campbell, 1929, Rhabdonella amor (Cleve 1900) Brandt, 1907 , R. elegans Jörgensen, 1924, Undella claparedei (Entz, Sr., 1885) Daday, 1887, Epiplocylis undella (Ostenfeld & Schmidt 1901) Jörgensen, 1924 , e s Kofoid & Campbell, 1929. Copépodes e larvas de Crustáceos foram muito abundante durante o dia, especialmente às 07:00 e 14:00. Os foraminíferos foram abundantes apenas às 06:00, 09:00, 10:00 e 14:00. Outros grupos do microzooplâncton foram observados ocasionalmente. Migração vertical, distribuição desigual, e os efeitos insulares são as principais hipóteses sugeridas para explicar os padrões observados.
Abstract: A major consideration in the study of microzooplankton is the scarcity of data from oceanic waters of the South Atlantic. We examined tintinnines and other surface water microzooplanktonic organisms at a fixed oceanic station near the Atol das Rocas Island (northeastern Brazil) at different times of the day, from 14 to 16 March, 1999. Tintinnines dominated and were represented by 42 species. The greatest diversities and abundances of microzooplankton were found in diurnal samples, although large fluctuations were regularly observed. The greatest diversity and abundance of was observed during the daytime at 06:00 and 14:00, and during the night at 19:00 and at 21:30. The most frequent and abundant species were Rhabdonellopsis apophysata (Cleve) Kofoid & Campbell, 1929, Rhabdonella amor (Cleve 1900) Brandt, 1907 , R. elegans Jörgensen, 1924, Undella claparedei (Entz, Sr., 1885) Daday, 1887, Epiplocylis undella (Ostenfeld & Schmidt 1901) Jörgensen, 1924 , and Eutintinnus apertus Kofoid & Campbell, 1929. Copepods and crustacean larvae were very abundant during the day, especially at 07:00 and 14:00. The Foraminifera were abundant only at 06:00, 09:00, 10:00, and 14:00. Other microzooplanktonic groups were observed occasionally. Vertical migration, patchy distributions, and the ‘island effect’ are the principal hypotheses suggested to explain the patterns observed.
Descrição: NOGUEIRA, E. M. de S.; SASSI, R. Nychthemeral variations of Tintinnina (Ciliata: Oligotrichida) near the Rocas Atoll (South Atlantic) and relationships with other microzooplanktonic components. Arquivos de Ciências do Mar, Fortaleza , v.44, n.1, p. 5-11, jul. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19223
Aparece nas coleções:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_emdesnogueira.pdf714,82 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.