Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19285
Título: Efeito neuroprotetor da troxerrutina no Parkinsonismo experimental induzido por 6-OHDA em ratos
Título em inglês: Neuroprotective effect of troxerutin in experimental Parkinsonism induced by 6-OHDA in rats
Autor(es): Sousa, Priscila Caracas Vieira de
Orientador(es): Andrade, Geanne Matos de
Palavras-chave: Inflamação
Troxerrutina
Doença de Parkinson
Data do documento: 22-Jul-2016
Citação: SOUSA, P. C. V. ; ANDRADE, G. M. (2016)
Resumo: A doença de Parkinson (DP) é caracterizada pela perda progressiva dos neurônios dopaminérgicos da substância negra (SN) sendo a segunda forma mais comum de doença neurodegenerativa entre idosos. Os aspectos clínicos da DP apresentam uma interseção entre sintomas motores, mudanças cognitivas, mudanças comportamentais/ neuropsiquiátrica e sintomas relacionados a falhas no sistema nervoso autônomo (SNA), esses sintomas estão associados, principalmente, à deficiência de dopamina (DA). A administração de 6-OHDA mimetiza a diminuição do conteúdo de dopamina no estriado, a inflamação, a apoptose e o estresse oxidativo presentes na DP, para testar agentes neuroprotetores em modelos animais. A troxerrutina, substância de origem natural, apresenta forte atividade anti-inflamatória, sendo um possível agente neuroprotetore frente à toxicidade da 6-OHDA em ratos. O objetivo do presente trabalho foi estudar os efeitos da troxerrutina sobre a neurotoxicidade induzida por 6-OHDA. Para isso, dividiram-se ratos machos Wistar (220-250 g) em quatro grupos: falso-operado (FO), FO + T200 (tratados com troxerrutina 200 mg/kg, v.o durante 18 dias), 6-OHDA (parkinsonianos- receberam injeções estereotáxicas de 6-OHDA 18 μg/3μl no estriado direito), 6-OHDA + T200 (parkinsonianos tratados com troxerrutina). Os resultados mostram que o tratamento com troxerrutina diminuiu o número de rotações contralaterais no teste da apomorfina. A troxerrutina também melhorou a atividade exploratória vertical dos animais no teste do campo aberto (rearing), o estado depressivo-símile no teste do nado forçado, assim como a memória recente dos animais no teste da esquiva passiva e a memória de procedimento na versão com plataforma sinalizada do labirinto aquático. A troxerrutina preveniu ainda a redução do conteúdo de dopamina na SN, assim como a microgliose e astrogliose no estriado. O tratamento com troxerrutina também diminuiu a neuro-inflamação por reduzir a expressão de TNF-α, NF-ḵB e p-Akt no estriado. Os resultados obtidos no presente estudo sugerem que a troxerrutina reduz a inflamação causada pela injeção por 6-OHDA, ressaltando o potencial terapêutico co-adjuvante dos anti-inflamatórios na doença.
Abstract: Parkinson’s disease (PD) is characterized by a progressive degeneration of dopaminergic neurons in the substantia nigra (SN) being the second most common form of neurodegenerative disease among the elderly. The clinical aspects of PD shows an intersection between motor symptoms, cognitive, behavioral and neuropsychiatric changes and symptoms related to failure in the autonomic nervous system, these symptoms are associated mainly to deficiency of dopamine (DA). The administration of 6-OHDA mimics the decrease of dopamine content in the striatum, inflammation, apoptosis and oxidative stress present in PD to test neuroprotective agents in animal models. The troxirutin, naturally occurring substance, has strong anti-inflammatory activity, with a potential agent neuroprotetore the toxicity of 6-OHDA in mice. The aim of this study was to to investigate the effects of troxirutin on neurotoxicity induced by 6-OHDA. So, male Wistar rats was divided (220-250 g) into four groups: false-operated (FO), FO + T200 (troxirutin treated with 200 mg/kg, for 18 days v.o), 6-OHDA (received stereotaxic injections of 6-OHDA 18 g/3μl the right striatum) + 6-OHDA T200 (received stereotaxic injections of 6-OHDA 18 g/3μl the right striatum treated with troxerutin). The results shows that treatment with troxerutin decreased the number of contralateral rotations in the test of apomorphine. The troxirutin also improved vertical exploratory activity of animals in the open field test (rearing), the depressive-like state in the forced swimming test, as well as the recent memory of the animals in the test of passive avoidance and procedure memory in the cued version of the Morris Water maze. The troxirutin has also prevented the reduction of dopamine content in the SN as well as the microgliosis and astrogliosis in the striatum. Troxirrutin treatment also decreased the neuro-inflammation by reducing expression of TNF-α, NF-κBp 65 and p-Akt in the striatum. The results obtained in this study suggest that troxerutin reduces inflammation caused by the injection of 6-OHDA, highlighting the adjunct therapeutic potential of anti-inflammatory disease.
Descrição: SOUSA, P. C. V. Efeito neuroprotetor da troxerrutina no Parkinsonismo experimental induzido por 6-OHDA em ratos. 2016. 119 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19285
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_pcvsousa.pdf1,45 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.