Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19713
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCosteski, Evanildo-
dc.contributor.authorSilva, Cássio Robson Alves da-
dc.date.accessioned2016-09-23T13:07:12Z-
dc.date.available2016-09-23T13:07:12Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationSilva, C. R. A.; Costeski, E. (2016)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19713-
dc.descriptionSILVA, Cássio Robson Alves da. Da ironia à seriedade: sobre o tornar-se indivíduo segundo Kierkegaard. 2016. 131f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Fortaleza (CE), 2016.pt_BR
dc.description.abstractWhereas the philosophy raises problems and works, for times, anchored in the field of possibilities, it becomes necessary the consistent use of any methodology or dialectic taht aimed the realization of the postulated hypotheses. For Søren Kierkegaard (1813-1855) is no different. Thus, this work has as a fundamental principle to show that his enterprise had been able to establish an open dialogue with the philosophical tradition and raise categories that may think both the most intimate questions of the individual as well as the reality that surrounds him. Therefore, based predominantly in the period 1841-1846 (mainly aesthetic Kierkegaard's works), will launch hand of fundamental concepts such as irony, time (instant) and authenticity / seriouness, understanding these as axis that here will call it – individual becomes. Faced with this challenge, as a start-ing point, we find in the works The Concept of Irony (1841), Either/Or - A fragment of life (1843), The Concept of Anxiety (1844) a conceptual proximity that allows we enter in the individual's relationship with time whose seriousness is therefore existential re-sult, the estimated result, and therefore, the condition of its engagement on the world and of itself. Three Discourses on imagined occasions (1845) will allow us to understand the work of Kierkegaard in a global way, especially if interspersed with Concluding Unscientific Postscript to Philosophical Fragments (1846), works without which the latter undertaking would not be possible.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectKierkegaard, Soren Aabye, 1813-1855 – Crítica e interpretaçãopt_BR
dc.subjectExistencialismopt_BR
dc.subjectAutenticidadept_BR
dc.subjectKierkegaardpt_BR
dc.subjectIronypt_BR
dc.titleDa ironia à seriedade: sobre o tornar-se indivíduo segundo Kierkegaardpt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.abstract-ptbrConsiderando que a filosofia levanta problemas e trabalha, por vezes, ancorada no campo das possibilidades, torna-se necessário o uso coerente de qualquer metodologia ou dialética que vise a efetivação das hipóteses postuladas. Para Søren Kierkegaard (1813-1855) não é diferente. Desse modo, este trabalho tem como princípio fundamental mostrar que seu empreendimento fora capaz de estabelecer um diálogo franco com a tradição filosófica e levantar categorias que possam pensar tanto as questões mais íntimas do indivíduo, bem como as da realidade que o circunda. Para tanto, com base, predominantemente, no período de 1841 a 1846 (obras de Kierkegaard essencialmente estéticas), lançaremos mão de conceitos fundamentais como Ironia, tempo (instante) e autenticidade/seriedade, entendendo estes como eixo do que aqui chamaremos de tornar-se indivíduo. Diante deste desafio, como ponto de partida, encontramos nas obras O Conceito de Ironia (1841), Ou-Ou - Um fragmento de vida (1843), O Conceito de Angústia (1844) uma proximidade conceitual que permite adentrarmos na relação do indivíduo com tempo, cuja seriedade é, por conseguinte, a consequência existencial, o resultado estimado e, portanto, a condição de seu engajamento diante do mundo e de si mesmo. O uso pontual dos Discursos edificantes para ocasiões supostas (1845) nos permitirá entender a obra de Kierkegaard de maneira mais global, principalmente se intercaladas com Migalhas Filosóficas (1844) e Pós-escrito às Migalhas Filosóficas (1846), obras sem as quais este último empreendimento não seria possível.pt_BR
dc.title.enFrom the irony to the Seriousness: on becoming the individual from Kierkegaardpt_BR
Aparece nas coleções:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_crasilva.pdf2,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.