Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19929
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorSouza, Eduardo Nunes de-
dc.date.accessioned2016-10-04T15:20:25Z-
dc.date.available2016-10-04T15:20:25Z-
dc.date.issued2015-07-
dc.identifier.citationSOUZA, E.N. (2015)pt_BR
dc.identifier.issn18073840-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19929-
dc.descriptionSOUZA, Eduardo Nunes de. Notas sobre o papel da autonomia privada no exercício de situações jurídicas de natureza real. NOMOS: Revista do Programa de Pós-Graduação em Direito da UFC, Fortaleza, v.35, n.2, 2015, p.139-164.pt_BR
dc.description.abstractThe principle of private autonomy has been historically developed in the sphere of contract law, away from the iura in re, which were guided by the logic of typical law previsions. In a contemporary perspective, however, and with the mitigation of the classic differences between iura in re and credit rights towards a common discipline of all patrimonial rights, it becomes possible to notice a relevant space of private autonomy also in the iura in re sphere. In this context, the incidence of objective good faith in its various functions over this kind of juridical relation becomes an important and innovative application of this principle.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherNOMOS: Revista do Programa de Pós-Graduação em Direito da UFCpt_BR
dc.subjectDireitos reaispt_BR
dc.subjectAutonomia privadapt_BR
dc.subjectBoa-fé objetivapt_BR
dc.titleNotas sobre o papel da autonomia privada no exercício de situações jurídicas de natureza realpt_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.description.abstract-ptbrO princípio da autonomia privada desenvolveu-se historicamente no âmbito da seara contratual, afastado dos direitos reais, que eram guiados pela lógica da tipicidade e taxatividade de conteúdo. Em perspectiva contemporânea, contudo, com a flexibilização das diferenças clássicas entre direitos reais e obrigacionais em torno de uma disciplina comum a todos os direitos patrimoniais, torna-se possível perceber relevante espaço à autonomia privada também em matéria de direito das coisas. Nesse contexto, a incidência da boa-fé objetiva em suas variadas funções no âmbito de uma relação jurídica real se revela importante e inovadora aplicação do princípio.pt_BR
dc.title.enNotes on the role of private autonomy in the exercise of iura in rept_BR
Aparece nas coleções:FADIR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_ensouza.pdf374,31 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.