Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20165
Título: Generación del 27/ hip hop in 2007: cultural vanguard in performance
Título(s) alternativo(s): Generación del 27/ hip hop de 2007: vanguarda cultural em performance
Autor(es): CUNHA, Roseli Barros
RONDINELLI, Marcelo
Palavras-chave: Cultural manifestations
Poetry
Rap
Graffiti
Documentary
Manifestações culturais
Poesia
Documentário
Data do documento: 2015
Editor: Acta Scientiarum
Citação: CUNHA, R. B.; RONDINELLI, M. (2015)
Resumo: Este artigo aborda a produção da chamada Geração de 27 e o documentário Generación 27 – Creación, vanguardia y vida, do Canal Sur da Andaluzia, Espanha, em homenagem aos 80 anos do movimento. Tratamos da questão da performance, segundo a teorização de Zumthor (2000), que pode ser aproximada ao que os participantes de tal geração realizavam naquele momento, em seus encontros artísticos, e em paralelo ao que alguns artistas que se manifestam por meio de rap e graffiti realizaram em 2007, ao retomarem as criações poéticas, musicais e visuais dos artistas de 1927. Desenvolvemos uma análise comparativa dessas produções e do que participantes do movimento espanhol (ALONSO; GUILLÉN, 1984) e historiadores da literatura (CONCHA, 1984) consideram sobre o período, e de autores (REYES-SÁNCHEZ, 2007; HALL, 2011) que tratam das manifestações culturais mais próximas à nova realidade social global. Concluímos que ambos os movimentos, Geração de 27 e os artistas de 2007, buscam, com suas produções, dar visibilidade à pluralidade de vozes da tradição popular e das ruas, ainda que no documentário se perceba a presença de um aparato institucional e hegemônico que interage e interfere, de certa forma, na manutenção e/ou ampliação desse processo.
Abstract: This paper discusses the production of the so-called Generation of 27 and the documentary Generación 27 - Creación, vanguardia y vida, Canal Sur Andalucia, Spain, in honor of the 80 years of the movement. We address the performance matter, according to the theory by Zumthor (2000), which can be compared to what the participants of that generation did during that period in their artistic encounters, and in a parallel way to what some artists that express themselves through rap and graffiti did in 2007, by resuming the poetic, musical and visual creations of the artists of 1927. We develop a comparative analysis of these productions and of what participants of the Spanish movement (ALONSO; GUILLÉN, 1984) and literary historians (CONCHA, 1984) argue about the period, and of authors (REYES-SÁNCHEZ, 2007; HALL, 2011) who research the cultural manifestations that are closer to the new global social reality. We conclude that both movements, Generation of ‘27 and the artists of 2007, seek, with their productions, to give visibility to the plurality of voices of the popular and street tradition, even though the documentary suggests the presence of a hegemonic and institutional apparatus that somehow interacts and interferes with the maintenance and / or expansion of this process.
Descrição: CUNHA, Roseli Barros; RONDINELLI, Marcelo. Generación del 27/hip hop in 2007: cultural vanguard in performance. Acta Scientiarum, Maringá, v. 37, n. 3, p. 297-304, jul./sept. 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20165
ISSN: 1983-4675 (impresso)
1983-4683 (online)
Aparece nas coleções:DLE - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_rbcunha.pdf524,07 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.