Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20941
Título: Bom dia, comunidade!: autonomia, afetividade e aprendizagem significativa na formação em Psicologia Comunitária
Autor(es): Araújo, David Vieira de
Moura Júnior, James Ferreira
Palavras-chave: Psicologia Comunitária
Formação acadêmica
Cooperação universitária
Data do documento: 2011
Editor: 2º Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação em Humanidades. 8ª Semana de Humanidades. Humanidades: entre fixos e fluxos.
Citação: Araújo, D. V.; Moura Júnior, J. F. (2011)
Resumo: Este trabalho tem como objetivo difundir um pouco sobre a experiência dentro do projeto de extensão “Bom Dia, Comunidade!”, vinculado ao Núcleo de Psicologia Comunitária da Universidade Federal do Ceará (NUCOM). O projeto surgiu como uma forma de aproximar os estudantes da graduação ao NUCOM, assim como propiciar um espaço de formação acerca do tema da Psicologia Comunitária. Consiste na promoção semestral de pelo menos um grupo de discussão e vivências (que é divulgado como grupo de estudos) e se estrutura em cima de quatro eixos: Teórico, Prático, Instrumental e Poiético. Esses eixos visam a apropriação teórica e instrumental, o contato com a realidade e a produção cientifica e artística. Tais características são importantes, pois evidenciam o quanto o projeto procura manter processos democráticos e pautados na autonomia e participação, tanto na decisão dos rumos do projeto quanto na condução dos encontros e atividades a serem desenvolvidas no decorrer do semestre. Nos grupos também encontramos aspectos da Aprendizagem Significativa, pois suas metodologias visam gerar debates em que os participantes colaboram com as discussões a partir de seus sentidos, suas histórias de vida e suas realidades, se contrapondo a um modelo de educação bancário ou depositário. Trazemos também o quanto o espaço ao longo do tempo tem se configurado como um espaço de acolhida e de formação de vínculos, não descolando o campo da afetividade do campo da formação acadêmica. A formação de vínculos ocorre devido à postura facilitadora que os extensionistas do projeto procuram manter e à relação horizontal em relação com os demais participantes. Por fim, pode-se concluir que o grupo se configura como espaço propicio não apenas para o desenvolvimento intelectual, mas também para o desenvolvimento pessoal dos seus participantes, e geralmente trata-se de um canal de aproximação dos estudantes da graduação com o Nucom e com a Psicologia Comunitária
Descrição: ARAÚJO, David Vieira de; MOURA JÚNIOR, James Ferreira. Bom dia, comunidade!: autonomia, afetividade e aprendizagem significativa na formação em Psicologia Comunitária. In: ENCONTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM HUMANIDADES, 2. 2011, Fortaleza. SEMANA DE HUMANIDADES, HUMANIDADES: ENTRE FIXOS E FLUXOS, 8., 2011, Fortaleza. Anais… Fortaleza: Universidade Federal do Ceará; Universidade Estadual do Ceará, 2011, p.1-11.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20941
ISSN: 2177-7624
Aparece nas coleções:CH - Eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_eve_dvaraujojfmourajúnior.pdf164,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.