Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21373
Título: O drama do médico no encontro com o paciente nos cenários dos serviços de saúde público e privado
Título em inglês: The doctor's drama in the encounter with the patient in the scenarios of public and private health services
Autor(es): Vasques, Karine Bessa Porto Pinheiro
Orientador(es): Pontes , Ricardo José Soares
Palavras-chave: Saúde Coletiva
Relações Médico-Paciente
Interação
Data do documento: 29-Fev-2016
Citação: VASQUES, K. B. P. P. ; PONTES, R. J. S. (2016)
Resumo: Nas últimas décadas o Brasil tem sido palco de grandes transformações políticas, econômicas, demográficas e sociais. Nesse processo de democratização transcorre também a reforma do setor de saúde brasileiro, no qual se estabelece o serviço de saúde público e privado. Os serviços de saúde são hoje ofertados por indivíduos com profissões regulamentadas ou com treinamentos específicos e podem ser prestados em consultórios, domicílios, espaços públicos, clínicas, unidade de saúde e hospitais. O objetivo da pesquisa aponta para compreender a percepção de médicos, com atividades profissionais similares e simultâneas nos setores público e privado, acerca da interação entre médicos e pacientes no cenário de prática. Ancoram-se com o olhar sempre atento à dinâmica e peculiaridades dos serviços de saúde tendo como desdobramento os objetivos de identificar como se deu a composição do personagem médico para os entrevistados; desvelar a atuação do seu papel social; descrever os sentimentos dos médicos quanto a sua atuação profissional; analisar a percepção dos médicos acerca das plateias e dos cenários de atuação. O estudo de natureza qualitativa realizado à luz da concepção da representação teatral da dramaturgia de Goffman e do Interacionismo Simbólico. Nesta perspectiva cada um desempenha um papel, interagindo com os outros por comportamentos verbais e físicos, utilizando a aparência e o desempenho para convencer o outro de sua atuação. Quando o indivíduo está em contato com outro está representando e beneficiando-se de uma prática dramatúrgica. Os 10 médicos participantes da pesquisa foram determinados de forma não probabilística e intencional, mas com exercício profissional, similar e simultâneo, em serviço público e privado e atender os paciente de forma direta e pessoal. O número de informantes foi definido pela saturação teórica dos dados, isto é, quando ocorreu durante a coleta das narrações e a análise, o aprofundamento conceitual das questões pesquisadas. A coleta das informações correu no período de novembro de 2015 a dezembro de 2015, por meio de entrevistas abertas e desenvolvimento de Desenhos. Durante as entrevistas foram solicitados a desenvolver um desenho que representasse a imagem que eles tinham a respeito da frase disparadora “Porque no consultório elas são minhas clientes, elas pagam pra eu atender, né? E no Instituto de Prevenção do Câncer, elas são minhas pacientes, né?”. Os dados foram organizados em temáticas as quais foram analisadas com base nas fundamentações teóricas. Os resultados mostraram que os 10 profissionais médicos atuavam em serviços públicos e privados, nas áreas de oncologia clínica, clínica, oncologia cirúrgica, radioterapia, mastologia, ginecologia e obstetrícia, com idades de 32 a 71 anos, prevaleceu o sexo masculino (07), todos com titulação mínima de especialista/residência médica. A identificação dos codinomes foi decidida pelos participantes, o qual decidia qual personagem melhor o caracterizava. As temáticas abordaram sobre a construção e a atuação do personagem médico em situação e cenário distintos; construção social do personagem médico; a máscara na qual o profissional se esconde; sentimentos vivenciados pelo médico; formação acadêmica para a atuação médica nos diferentes cenários de prática; a visão dos médicos acerca da atuação circunstancial dos pacientes nos cenários públicos e privado; cenário físico-estrutural e acesso a procedimentos materiais e medicamentos; clima organizacional e organização de processos; produtividade em relação ao tempo, a produção e a remuneração; o tempo de atendimento por pessoa; outros personagens em cena. Perceberam a entrevista com o uso do Desenho-disparador (um desdobramento do desenho-estória de Trinca, desenvolvido pela autora) como instrumento propulsor para a compreensão da relação com o paciente. As relações médico-paciente exigem atenção às peculiaridades do setor a qual está se efetivando, pois, as contribuições afloradas desta devem ser continua e interdependente. Conclui-se que existem congruências e divergências na relação médico-paciente nos dois setores estudados. As semelhanças residem no trato dado aos próprios pacientes, não diferenciando o local em que estão sendo cuidados, enquanto as diferenças encontram-se direcionadas pelos cenários estruturais e organizacionais do setor público e privado, ainda assim permanecendo semelhanças propagação de valores morais e éticos.
Abstract: In the last decades Brazil has been the scene of great political, economic, demographic and social transformations. In this process of democratization also happens the reform of the Brazilian health sector, in which the public and private health service is established. Health services are now offered by individuals with regulated professions or with specific training and can be provided in offices, homes, public spaces, clinics, health unit and hospitals. The objective of the research is to understand the perception of physicians, with similar and simultaneous professional activities in the public and private sectors, about the interaction between physicians and patients in the practice scenario. They are anchored with their eyes always attentive to the dynamics and peculiarities of the health services, having as a result the objectives of identifying how the composition of the medical character was given to the interviewees; Uncovering the performance of their social role; Describe the doctors' feelings about their professional performance; Analyze the perception of the doctors about the audiences and the scenarios of performance. The study of a qualitative nature carried out in the light of the theatrical representation of Goffman's dramaturgy and Symbolic Interactionism. In this perspective each plays a role, interacting with others by verbal and physical behaviors, using appearance and performance to convince the other of their performance. When the individual is in contact with another is representing and benefiting from a dramaturgical practice. The 10 physicians participating in the research were determined in a non-probabilistic and intentional way, but with similar and simultaneous professional exercise, in public and private service and to attend the patients directly and personally. The number of informants was defined by the theoretical saturation of the data, that is, when it occurred during the collection of the narrations and the analysis, the conceptual deepening of the questions researched. Information collection took place from November 2015 to December 2015, through open interviews and development of Drawings. During the interviews they were asked to develop a picture that represented the image they had about the triggering phrase "Because in the office they are my clients, they pay me to attend, right? And at the Cancer Prevention Institute, they are my patients, right? " The data were organized in themes that were analyzed based on the theoretical foundations. The results showed that the 10 medical professionals working in public and private services, in the areas of clinical oncology, clinical, surgical oncology, radiotherapy, mastology, gynecology and obstetrics, aged 32 to 71 years, All with minimum qualification of specialist / medical residency. The identification of the codenames was decided by the participants, which decided which character best characterized him. The themes dealt with the construction and performance of the medical character in a different situation and scenario; Social construction of the medical character; The mask in which the professional is hiding; Feelings experienced by the physician; Academic training for the medical practice in the different practice scenarios; The view of physicians about the circumstantial performance of patients in public and private settings; Physical-structural scenario and access to material procedures and medicines; Organizational climate and process organization; Productivity in relation to time, production and remuneration; The time of service per person; Other characters on the scene. They perceived the interview with the use of the Design-trigger (a development of Trinca's design-story, developed by the author) as a propelling tool for understanding the relationship with the patient. The doctor-patient relationship demands attention to the peculiarities of the sector that is taking place, since the contributions made from it must be continuous and interdependent. We conclude that there are congruences and divergences in the physician-patient relationship in the two studied sectors. The similarities lie in the treatment given to the patients themselves, not differentiating the place in which they are being cared for, while the differences are directed by the structural and organizational scenarios of the public and private sector, still remaining similarities propagation of moral and ethical values
Descrição: VASQUES, K. B. P. P. O drama do médico no encontro com o paciente nos cenários dos serviços de saúde público e privado. 2016. 154 f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21373
Aparece nas coleções:DSC - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_kbppvasques.pdf1,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.