Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21567
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAlves , Ana Paula Negreiros Nunes-
dc.contributor.authorSousa, Rodolfo Nunes de-
dc.date.accessioned2017-01-18T13:18:49Z-
dc.date.available2017-01-18T13:18:49Z-
dc.date.issued2016-10-31-
dc.identifier.citationSOUSA, R. N. S. ; ALVES, A. P. N. N. (2016)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21567-
dc.descriptionSOUSA, R. N. Avaliação do uso de membrana de polipropileno na neoformação óssea de alveolo pós-exodontia: um estudo clínico e tomográfico. 2016. 61 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.pt_BR
dc.description.abstractThe preservation of post-extraction alveolar ridge is one of the challenges of dentistry, especially when rehabilitation claim with endosseous implants. As a result of tooth loss, the residual alveoli tends to reabsorb, creating occasions where there is need for grafting surgery to rehabilitation through supported implant prosthesis. This condition can be prevented, among other techniques, by Guided Bone Regeneration. This study aimed to evaluate the effectiveness of a non-absorbable membrane on bone healing after tooth extraction alveoli sites. A study was conducted with 18 patients requiring extraction, a total of 20 sites, prior to the installation of the implant, which sought care in Face Defects Nucleos the Federal University of Ceará. Was performed prior clinical and radiographic evaluation to surgical procedures, these were divided into two groups: the test group (n = 10) there was installation of non-absorbable membrane, and the control group (n = 10) the membrane was not used. All patients underwent computed tomography cone beam at fifteen and ninety days postoperatively. In both exams vertical and horizontal linear measurements were made through the ImageJ software, post-extraction alveolar center of fifteen and ninety days. It was observed that the retention time in the test group (0.45 ± 0.78) showed if the distance significantly greater than the height of the control group (-2.25 ± 0.97), in which can be seen a significant reduction in bone height (p <0.001). It was noted significant difference in the pattern of variation of the horizontal measured in treated groups with the membrane (0.45 ± 1.92) and control (-1.22 ± 0.49) (p=0,015). The use of non-absorbable membrane did not cause infection, swelling or allergic reaction immunoinflammatory site. The conditions evaluated, clinical and tomographic, noticed a bone maintenance height and widht of fresh alveoli sites can benefit from the installation of endosseous implants.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectTomografiapt_BR
dc.subjectMembrana Celularpt_BR
dc.subjectRegeneração Ósseapt_BR
dc.titleAvaliação do uso de membrana de polipropileno na neoformação óssea de alveolo pós-exodontia: um estudo clínico e tomográficopt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.abstract-ptbrA preservação do rebordo alveolar pós-exodontia é um dos desafios da Odontologia, principalmente quando há pretensão de reabilitação com implantes endósseos. Em consequência da perda dentária, o alvéolo residual tende a reabsorver, criando ocasiões em que há necessidade de cirurgias de enxertia para reabilitação através de prótese implanto suportada. Essa condição pode ser prevenida, entre outras técnicas, através da Regeneração Óssea Guiada. O presente estudo objetivou avaliar a eficácia de uma membrana não absorvível no reparo ósseo de sítios de alvéolos pós exodontia. Foi realizado um estudo com 18 pacientes necessitando de exodontia (20 sítios cirúrgicos) prévia à instalação de implante, que procuraram atendimento no Núcleo de Defeitos da Face da Universidade Federal do Ceará. Foi realizada avaliação clínica e radiográfica prévia aos procedimentos cirúrgicos, estes foram divididos em dois grupos: no grupo teste (n=10) houve instalação da membrana não absorvível, e no grupo controle (n=10) a membrana não foi usada. Todos os pacientes realizaram tomografia computadorizada de feixe cônico aos quinze e noventa dias de pós-operatório. Em ambos os exames foram realizadas mensurações lineares verticais e horizontais, através do software ImageJ, do centro do alvéolo pós-exodontia de quinze e noventa dias. Observou-se que a manutenção em altura do grupo teste (0,68±0,57) mostrou-se superior à da distância em altura do grupo controle (-2,25±0,97), na qual se pôde perceber redução significativa de perda óssea (p<0.001). Houve diferença significante no padrão de variação da medida horizontal nos grupos tratado com a membrana (0,06±1,20) e controle (-1,22±0,49) (p=0,015). O uso da membrana não absorvível não gerou infecção, inchaço ou reação alérgica imunoinflamatória local. Nas condições avaliadas notou-se de forma clínica e tomográfica uma manutenção óssea em altura de sítios de alvéolos frescos, podendo beneficiar a instalação de implantes endósseos.pt_BR
dc.title.enEvaluation of polypropylene membrane use in bone neoformation post-extraction alveoli: clinical study and tomographicpt_BR
Aparece nas coleções:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_rnsousa.pdf1,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.