Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22241
Título: Feuerbach: fundamentos para uma ética da sensibilidade
Autor(es): Albinati, Ana Selva
Palavras-chave: Idealismo
Materialismo
Ontologia
Ética
Data do documento: 2015
Editor: Revista Dialectus
Citação: Albinati, A. S. (2015)
Resumo: Pretende-se aqui desenvolver os elementos presentes no pensamento de Feuerbach que sustentam uma “ética da sensibilidade” como questionadora de uma ética racionalista, como, por exemplo, a ética do dever de talhe kantiano. A despeito dos limites da filosofia de Feuerbach, reiteradamente identificados por Marx no que se refere à inconciliabilidade no pensamento do autor entre materialismo e história - o que o joga no terreno de um idealismo do gênero humano - , há que se destacar a significação de Feuerbach no percurso de contraposição à mistificação idealista, ao ressaltar a dimensão da corporeidade e dos afetos, ainda que sejam estes tidos em sua naturalidade, como elementos inalienáveis e incontornáveis do agir humano, portanto, insurgindo contra uma forma seca de racionalismo que pretende dicotomizar razão e sensibilidade. O objetivo de nosso trabalho é acompanhar os fundamentos da filosofia sensualista de Feuerbach que lhe permitem concluir por um antropoteísmo, “o coração elevado a entendimento”, que se contrapõe à separação entre sensibilidade e entendimento e à sobreposição do segundo sobre o primeiro. Recuperando a significação dos sentidos e das afecções, o autor pretende responder ao idealismo moderno desde Descartes, entendendo-o como uma derivação da teologia que tem a sua consumação na filosofia de Hegel. A afirmação do ponto de partida da filosofia naquilo “que no homem não filosofa”, qual seja, a sensibilidade, a finitude, a afecção, prepara o terreno sobre o qual Marx desenvolverá, uma vez feito o apontamento crítico dos limites feuerbachianos, a compreensão da realidade social, incluindo elementos que nos possibilitam pensar a esfera do agir moral em uma perspectiva materialista.
Abstract: This work intends to develop the elements presented in Feuerbach's thought which support the notion of "ethics of sensibility" as an opposition of the "rationalist ethics" such as, for instance, the Kantian ethics of duty. Despite the boundaries repeatedly identified by Marx of Feuerbach's philosophy regarding the irreconcilability between materialism and history - putting him in the field of idealism of human gender - , it is necessary to highlight the impact of Feuerbach in the path of contraposition to idealist mystification by stressing the dimension of corporeality and affection, even if them are to be considered in its naturality as inalienable and unavoidable elements of human behaviour, thus, criticizing a dry form of rationalism which intends to dichotomize reason and sensibility.The aim of our work is to identify the fundamentals of Feuerbach's sensualist philosophy which allow him to opt for a "anthropotheism", "the heart raised to understanding", which counterpose the separation between sensibility and understanding and the superposition of the latter over the former. Retrieving the meaning of senses and affections, the author intends to interpret the modern idealism as a theological derivation which has its peak on Hegel's philosophy.The affirmation of philosophy's starting point as being "what humans do not philosophize about", being it the sensibility, the finiteness or the affection, sets the stage over which Marx will develop, after indicating Feuerbach's limitations, the notion of social reality, including the elements that allow us to think about the moral acting in a materialist perspective.
Descrição: ALBINATI, Ana Selva. Feuerbach: fundamentos para uma ética da sensibilidade. Revista Dialectus, Fortaleza, ano 2, n. 6, p. 75-84, jan./ago. 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22241
ISSN: 2317-2010
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_asalbinati.pdf111,32 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.