Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22469
Título: Teoria dos stakeholders: um estudo bibliométrico de sua produção acadêmica divulgada nos periódicos nacionais de 1999 a 2013
Autor(es): Ribeiro, Henrique César Melo
Palavras-chave: Rede Social
Periódicos brasileiros
Bibliometria
Data do documento: 2016
Editor: Carlos Adriano Santos Gomes
Citação: RIBEIRO, H. C. M. (2016)
Resumo: O objetivo deste estudo foi mapear a produção acadêmica do tema Teoria dos Stakeholders nos periódicos nacionais das áreas de Administração, Contabilidade e Turismo de 1999 a 2013. Metodologicamente, foi uma pesquisa documental, bibliométrica e de rede social. Foram identificados 54 artigos sobre o tema ora investigado. Os principais resultados foram: evolução do tema em definitivo a partir de 2010; os periódicos, RIAE, RCA, Pretexto e RAC, se destacaram na publicação dos artigos sobre a Teoria dos Stakeholders. Houve predominância de artigos publicados em parceria; os autores Costa e Gomes foram os mais profícuos. No que se refere as IESs, as mais produtivas foram: USP, Uninove e Univali. Em relação as referências, o autor Freeman, foi o mais citado, em especial com sua obra ¿strategic management: a stakeholder approach¿. E os temas mais vistos nos 54 manuscritos publicados foram: Gestão Pública, Responsabilidade Social, Turismo, Gestão Ambiental, Ética e Governança Corporativa.
Abstract: The aim of this study was to map the academic production of stakeholders theme in national journals in the fields of management, accounting and tourism from 1999 to 2013. Methodologically, it was a documentary, bibliometric and social network research. 54 articles on the subject now investigated were identified. The main results were: evolution of the theme in the final since 2010; the JIAE, JAS, Pretext and JCM, stood out in periodicals publication of articles on stakeholders. There was a predominance of articles published in partnership; the authors Costa and Gomes were the most profitable. Regarding HEIs, the most productive were: USP, Uninove and Univali. Regarding the references, the author Freeman, was the most cited, especially with his "strategic management: a stakeholder approach." And the most viewed topics in the 54 manuscripts were published: public management, social responsibility, tourism, environmental management, ethics and corporate governance.
Resumo em espanhol: El objetivo de este estudio fue mapear la producción académica de lo tema Teoría de los Stakeholders en periódicos nacionales en las áreas de Administración, Contabilidad y Turismo de 1999 hasta 2013. Metodológicamente, se trataba de una investigación documental, bibliométrico y de redes sociales. Se identificaron 54 artículos sobre el tema ahora investigados. Los principales resultados fueron: desarrollo del tema definitivamente a partir de 2010; los periódicos RIAE, RCA, Pretexto y RAC, se destacó en la publicación de artículos sobre la Teoría de los Stakeholders. Hubo un predominio de los artículos publicados en asociación; los autores Costa y Gomes fueron los más productivos. En cuanto a la IESs, los más productivos fueron: USP Uninove y Univali. Em relación a las referencias, el autor Freeman, fue el más citado, sobre todo con su obra “strategic management: a stakeholder approach”. Y los temas más vistos en 54 manuscritos publicados fueron: Gestión Pública, Responsabilidad Social, Turismo, Gestión Ambiental, Ética y Gobernancia Corporativa.
Descrição: RIBEIRO, Henrique César Melo. Teoria dos stakeholders: um estudo bibliométrico de sua produção acadêmica divulgada nos periódicos nacionais de 1999 a 2013. Contextus: Revista Contemporânea de Economia e Gestão, Fortaleza , v.14, n.1, p.163-192, jan./abr. 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22469
Aparece nas coleções:FEAAC - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_art_hcmribeiro.pdf681,59 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.