Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22518
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSousa, Antonia Félix de-
dc.contributor.authorFraga, Maria de Nazaré de Oliveira-
dc.date.accessioned2017-04-12T16:53:02Z-
dc.date.available2017-04-12T16:53:02Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.citationSousa, A. F.; Fraga, M. N. O. (2008)pt_BR
dc.identifier.issn1984-3100-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22518-
dc.descriptionSOUSA, Antonia Félix de; FRAGA, Maria de Nazaré de Oliveira. Como as pessoas com deficiência avaliam as políticas públicas de saúde no Ceará. Revista Avaliação de Políticas Públicas (AVAL), Fortaleza, ano 1, v. 1, n. 1, p. 81-90, jan./jun. 2008.pt_BR
dc.description.abstractIn recent decades the situation of the disabled people has been brought to light in Brazil, which required from the government members the adoption of public policies towards this segment. The research aimed to investigate how these people evaluate the actions representing the public policies on health in Ceará that apply to them, as well as if such actions make possible their autonomy and social inclusion. It was developed in Fortaleza-CE from July 2003 to January 2004, and the material used were questionnaires and interviews. In Brazil, most individuals differ from people with disability, since they study more and work. The services provided to these people were evaluated as precarious, the physical spaces as inaccessible, and the professionals as unprepared. The research found that in Ceará the aims established by the national policies to this segment have not yet been reached. Thus, the public policies that apply to them suggest insufficient measures and create limits more than they motivate their autonomy and social inclusion.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Avaliação de Políticas Públicaspt_BR
dc.subjectSaúde do portador de deficiênciapt_BR
dc.subjectAvaliaçãopt_BR
dc.subjectPolíticas públicaspt_BR
dc.subjectSaúdept_BR
dc.titleComo as pessoas com deficiência avaliam as políticas públicas de saúde no Cearápt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrNas décadas recentes, a situação das pessoas com deficiência entrou em evidência no Brasil, exigindo respostas do Estado por meio da adoção de políticas públicas para este segmento. A pesquisa objetivou investigar como essas pessoas avaliam as ações que lhes dizem respeito no âmbito das políticas públicas de saúde no Ceará e se tais ações possibilitam sua autonomia e inclusão social. Foi realizada em Fortaleza-CE, de julho de 2003 a janeiro de 2004, utilizando questionário e entrevistas. A maioria dos sujeitos diferencia-se do conjunto das pessoas com deficiência no Brasil, pois tem maior escolaridade e trabalha. Os sujeitos avaliaram os serviços como precários, os espaços físicos inacessíveis e os profissionais despreparados. Ficou constatado que, no Ceará, ainda não se concretizaram os princípios preconizados pela política nacional para este setor. Sendo assim, as políticas públicas que lhes dizem respeito adotam medidas pontuais e mais limitam do que impulsionam sua autonomia e inclusão social.pt_BR
dc.title.enDisabled people’s evaluation concerning the public policies on health in Cearápt_BR
Appears in Collections:MAPP - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_art_afsousamnofraga.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.