Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22651
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSantiago, Zilsa Maria Pinto-
dc.contributor.authorSantiago, Cibele Queiroz de-
dc.contributor.authorSoares, Thais Silveira-
dc.date.accessioned2017-05-04T17:57:31Z-
dc.date.available2017-05-04T17:57:31Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationSANTIAGO, Zilsa Maria Pinto ; SANTIAGO, Cibele Queiroz de ; SOARES, Thais Silveira. Acessibilidade no espaço público:o caso das praças de Fortaleza. In:USIHC, 15., 2015, Recife. Anais... Recife, UFPE, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22651-
dc.description.abstractThe present work deals with issues related to accessibility in the public space. Aims to check the level of the production of space built in the face of the demands of a diverse world, so that all groups of people can flow without restrictions or barriers that prevent them from performing their routes. In this context, the square presents itself as a public place of leisure, of permanence and circulation, being accessible, integrates the urban environment as an indicator of quality of urban life. Presents results of research on accessibility with the territory of the public squares analysis of four neighborhoods of Fortaleza.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherCongresso Internacional de Ergonomia e Usabilidade de Interfaces Humano-Tecnologia: Produto, Informação, Ambientes construidos e Transportespt_BR
dc.subjectAcessibilidade - Fortalezapt_BR
dc.subjectArquitetura e deficientes - Fortalezapt_BR
dc.subjectPraças - Design sem barreiras - Fortaleza-
dc.titleAcessibilidade no espaço público:o caso das praças de Fortalezapt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrO presente trabalho trata de questões referentes à acessibilidade no espaço público. Tem como objetivo verificar o nível em que se encontra a produção desse espaço construído em face das exigências de um mundo diversificado, de forma que todos os grupos de pessoas possam circular sem restrições ou barreiras que as impeçam de realizar seus percursos. Nesse contexto, a praça se apresenta como local público de lazer, de permanência e de circulação, sendo acessível, integra o ambiente urbano como indicador de qualidade de vida urbana. Apresenta resultados de pesquisa sobre acessibilidade tendo como território de análise as praças públicas de quatro bairros de Fortaleza.pt_BR
dc.title.enAccessibility in public space: the case of squares in Fortalezapt_BR
Appears in Collections:DAU - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_art_zmpsantiago.pdf557,75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.