Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23751
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCordeiro, Andréa Carla Filgueiras-
dc.contributor.authorMenezes, Jaileila de Araújo-
dc.contributor.authorCastro, Lucia Rabello de-
dc.date.accessioned2017-07-03T11:11:13Z-
dc.date.available2017-07-03T11:11:13Z-
dc.date.issued2002-
dc.identifier.citationCordeiro, A. C. F.; Menezes, J. A.; Castro, L. R. (2002)pt_BR
dc.identifier.issn1678-7153 (onlilne)-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23751-
dc.descriptionCORDEIRO, Andréa Carla Filgueiras; MENEZES, Jaileila de Araújo; CASTRO, Lucia Rabello de. Oficinas da cidade em Fortaleza. Psicologia: Reflexão e Crítica, Rio Grande do Sul, v. 15, n.1, p. 53-61, 2002.pt_BR
dc.description.abstractThis paper presents an intervention-based project with children in the city of Fortaleza, when children were asked to elaborate, through focused group discussions, their constructions about living in the city. It was assumed that to live in a big city means to be able to position oneself critically before the demands of collective life. Discussions were stimulated about three distinct aspects: what is to live in the city today; what possibilities for collective life could be imagined; and how lived and sought for experiences could entail a realistic construction of city life. Children showed capacity of critically analysing their experience in the city, indicating those aspects that were, from their point of view, hardest to face. They also showed capacity of pointing out collective endeavours that could make it easier for them, as children, the task of living in a big city.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherPsicologia: Reflexão e Críticapt_BR
dc.subjectCrianças da cidadept_BR
dc.subjectCriança - Fortaleza (CE)pt_BR
dc.subjectParticipação Socialpt_BR
dc.titleOficinas da cidade em Fortalezapt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEste artigo trata do relato de uma experiência de intervenção focal com crianças na cidade de Fortaleza, na qual se procurou, através de discussões em grupo, possibilitar a construção e a re-construção das experiências destes sujeitos na cidade. Partiu-se da premissa que viver hoje na cidade contemporânea requer do sujeito orientação crítica para que ele se situe frente às demandas do viver coletivo. Três momentos de discussão foram focalizados: a reflexão sobre a experiência vivida na cidade; a imaginação sobre as possibilidades deste viver; e a discussão sobre o vivido e o desejado, visando a uma re-construção possível da cidade. As crianças mostraram capacidade de analisar criticamente sua experiência na cidade, apontando os aspectos que, do seu ponto de vista, tornam o viver na cidade particularmente difícil para elas. Mostraram, também, capacidade de indicar caminhos coletivos que suavizariam a tarefa de viver na cidade grande, principalmente quando não se é adulto, e sim criança.pt_BR
dc.title.enCity workshops in Fortalezapt_BR
Appears in Collections:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2002_art_acfcordeiro.pdf175,76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.