Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2396
Título: Abertura econômica e o desempenho da produtividade da indústria brasileira de 1985/1996: uma abordagem utilizando o indice de Malmquist e a teoria da fronteira estocástica
Autor(es): Barreto, Flávio Ataliba Flexa Daltro
Marinho, Emerson Luís Lemos
Oliveira, Tereza
Palavras-chave: Produtividade Total
Abertura econômica
Data do documento: 2006
Editor: Produtividade : teoria e evidências para o Brasil e a América Latina
Citação: BARRETO, Flávio A.F.D. (2006)
Resumo: Neste artigo analisa-se a evolução da produtividade total da indústria de transformação brasileira de 1985 a 1997, período que caracteriza a abertura comercial a partir de 1990. Em vista deste objetivo, utiliza-se a teoria da fronteira estocástica para calcular o índice de produtividade total de Malmquist o qual pode ser decomposto nos índices de variação de eficiência técnica e variação tecnológica. Os resultados encontrados mostram que o impacto inicial da redução de tarifas reduziu o nível de eficiência técnica da indústria enquanto, a estabilidade de preços e a política de desvalorização cambial tiveram influência positiva. Outra conclusão importante obtida é que os ganhos de produtividade total, em todo o período analisado, foram muito mais devidos à variação tecnológica (difusão) do que à variação de eficiência técnica.
Abstract: This paper analyses the evolution of Total Factor Productivity of the Brazilian manufacturing industry during the period 1985-1997. Such period is characterized by a dramatic increase in the openness of the Brazilian economy. The methodology used was the stochastic frontier production function that allows to construct the Malmquist productivity index and to decompose it in a part that is due to change in technical efficiency and another one that is due to technological change. The main findings of the paper show that the initial impact of tariff reduction decreased technical efficiency whilst price stability and exchange rate devaluation acted positively on technical efficiency. Moreover, it can be concluded that gains in productivity during the period were mostly due to technological change rather than to change in technical efficiency.
Descrição: BARRETO, Flávio A.F.D.; MARINHO, Emerson; OLIVEIRA, Tereza. Abertura econômica e o desempenho da produtividade da indústria brasileira de 1985/1996: uma abordagem utilizando o indice de Malmquist e a teoria da fronteira estocástica. In: BARRETO, Flávio A.F.D. Produtividade: teoria e evidências para o Brasil e a América Latina. Fortaleza: CAEN, Edições UFC, 2006. Cap. 4, p. 87-114.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2396
ISBN: 8588548054
Aparece nas coleções:CAEN - Capítulos de livro

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_capliv_fataliba.pdf96,48 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.