Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24263
Title in Portuguese: Corrupção entre o ser e o dever ser
Author: Novelli, Pedro Geraldo Aparecido
Goretzki, Cátia
Barile, Davide
Glinka, Holger
Hebing, Niklas
Keywords: Direito
Moralidade
Ethics
Issue Date: 2016
Publisher: Argumentos - Revista de Filosofia
Citation: Novelli, P. G. A.; Goretzki, C.; Barile, D.; Glinka, H.; Hebing, N. (2016)
Abstract in Portuguese: A corrupção não é um fenômeno moderno, mas sempre esteve presente ao longo da história dos homens. Não se trata, portanto, de um fenômeno natural, mas histórico cujas causas podem ser imputadas tanto a indivíduos quanto às organizações políticas e sociais. Há um grande consenso entre especialistas e não especialistas sobre os grandes danos e prejuízos resultantes da prática da corrupção. Uma questão comum entre os que desejam fazer algo no sentido de erradicar esse comportamento é a forma mais eficaz de sucesso nessa empreitada. Haveria procedimentos que pudessem ser empregados para tanto? Com o objetivo de fornecer algum subsídio a mais para a possíveis atitudes e planos perguntouse a quatro filósofos, sendo três alemães e um italiano, se seria viável um combate efetivo à corrupção e o quê poderia ser feito. A partir da situação européia comum entre os pesquisadores e a diferença cultural de dois países pode-se notar que uma solução somente pode ser considerada tomando-se como elemento norteador a organização político-social-econômica que exponha a corrupção e seus malefícios nas formas do benefício exclusivo, da marginalização e da pobreza. Mais do que afetar indivíduos a corrupção atinge muito mais e sempre a coletividade causando degradação principalmente entre os menos favorecidos.
Abstract: Corruption is not a modern phenomenon but it has always been present in the human history. So, it is not a natural phenomenon but a historical one whose causes can be attributed to individuals as much as to political and social organizations. There is a great agreement among specialists and non-specialists about the damages and the losses that result of the practice of corruption. A common question among the ones that want to do something in order to get away with such behavior is to find the most effective way of doing it. Would there be these means? In order to give some insight for possible attitudes and plans it was asked to four philosophers, tree Germans and one Italian, if it would be viable an effective combat to corruption and what could be done. From the point of view of the researcher’s common European situation and the cultural difference between two countries, it could be noticed that a solution can only go through the guiding element of the economic-social-political organization that show off corruption and its evils in the forms of privileges, marginalization and extreme poverty. More than affecting individuals, corruption strikes much more and always the collective causing abasement mainly among the least favored.
Description: NOVELLI, Pedro Geraldo Aparecido; GORETZKI, Cátia; BARILE, Davide; GLINKA, Holger; HEBING, Niklas. Corrupção entre o ser e o dever ser. Argumentos Revista de Filosofia, Fortaleza, ano 8, n. 16, p. 69-78, jul./dez. 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24263
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1984-4255 (online)
1984-4247 (impresso)
Appears in Collections:PPGFILO - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_art_pgancgdbhgnhebing.pdf101,7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.