Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26296
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorDuarte, Paulo Mosânio Teixeira-
dc.date.accessioned2017-10-03T18:07:45Z-
dc.date.available2017-10-03T18:07:45Z-
dc.date.issued2006-
dc.identifier.citationDuarte, P. M. T. (2006)pt_BR
dc.identifier.issn1413-6457-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26296-
dc.descriptionDUARTE, Paulo Mosânio Teixeira. Estilística ou estilísticas? Revista Philologus, Rio de Janeiro, ano 12, n. 34, p. 40-56, jan./abr. 2006.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Philologuspt_BR
dc.subjectEstilopt_BR
dc.subjectNormapt_BR
dc.subjectDesviopt_BR
dc.subjectEscolhapt_BR
dc.titleEstilística ou estilísticas?pt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrNeste artigo apresentamos criticamente algumas costumeiras definições de estilo assim como diversas abordagens da estilística Dividimo-las nos grupos de definições, , em que se consideram os seguintes fatores: escolha; características individuais; desvio de uma norma; desvio de contexto; conjunto de características coletivas; relações entre entidades lingüísticas formuláveis em textos mais extensos que a sentença. Ao final, concluímos que podemos agrupar grosso modo os pontos de vista em dois grandes grupos: aquele que reconhece o estilo como norma dada pelo sistema de possibilidades (la langue) ou pelas variedades de uma dada língua e aquele que reconhece o estilo como desvio, seja em relação à norma, seja em relação ao contexto lingüístico ou co-texto.pt_BR
Appears in Collections:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_art_pmtduarte.pdf113,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.