Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26324
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOliveira, Manfredo Araújo de-
dc.contributor.authorNascimento, Francisco Carlos Semião do-
dc.date.accessioned2017-10-04T15:37:57Z-
dc.date.available2017-10-04T15:37:57Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.citationNascimento, F. C. S.; Oliveira, M. A. (2008)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26324-
dc.descriptionNASCIMENTO, Francisco Carlos Semião do. Ontologia e ética da responsabilidade. 2008. 130f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Fortaleza (CE), 2008.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectHans Jonaspt_BR
dc.subjectÉtica da Responsabilidadept_BR
dc.subjectOntologiapt_BR
dc.titleOntologia e ética da responsabilidadept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrTodo o empreendimento que ora iniciamos tem como principal objetivo reconstruir o esforço de Jonas, ao buscar elaborar um sistema filosófico que parte de uma ontologia da vida e que culmina na fundamentação de uma ética da responsabilidade, cujo objetivo é resgatar um sentimento de responsabilidade moral frente ao grande desafio apresentado por nossa civilização tecnocientífica, a saber, de um esvaziamento, até mesmo, de uma idéia de ética. Portanto, é contemplando o mundo e a sociedade atual que Jonas diagnostica uma mudança radical – de raiz – da própria ação humana. Já que o poder do homem de agir sobre o mundo tomou proporções nunca antes vistas e previstas, sob a égide de uma sociedade pautada pelos avanços da técnica e da ciência. Tal agir põe de manifesto a impossibilidade mesma de as éticas consideradas por Jonas como tradicionais, ou mesmo a política, de pôr freios a tais avanços que podem até mesmo levar à extinção da humanidade, ou de uma vida digna aos futuros habitantes de nosso planeta. Desse modo, nosso estudo pretende considerar os impactos da dinâmica tecnocientífica sobre o ethos tradicional e discutirmos, como desafios para a modernidade, as possibilidades do estabelecimento de um ethos universal para a civilização científico-tecnológica planetária e, concomitantemente, a problemática da constituição de uma ética que estabeleça a vida como o princípio e fundamento de todo agir humano. Isto é, questionamos a conciliação entre racionalidade ética e racionalidade tecno-científica, buscando um princípio norteador para ambas racionalidades.pt_BR
Appears in Collections:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_fcsnascimento.pdf727,05 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.