Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26480
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeal, Ivanhoé Albuquerque-
dc.contributor.authorSantos, Jeriel Silva-
dc.date.accessioned2017-10-09T11:43:51Z-
dc.date.available2017-10-09T11:43:51Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.citationSantos, J. S.; Leal, I. A (2008)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26480-
dc.descriptionSANTOS, Jeriel Silva. Elementos constitutivos da textualidade aplicados à Teoria da Ação em Paul Ricoeur. 2008. 90f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Fortaleza (CE), 2008.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectAgir humanopt_BR
dc.subjectPaul Ricoeurpt_BR
dc.subjectOntologiapt_BR
dc.subjectOntologypt_BR
dc.titleElementos constitutivos da textualidade aplicados à Teoria da Ação em Paul Ricoeurpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEsta dissertação examina e expõe a reflexão de Paul Ricoeur relativa aos elementos constitutivos da textualidade e a aplicação destes componentes do texto à esfera do agir humano. A análise das proposições ricoeurianas toma como ponto de partida considerações históricas que descrevem a passagem das práticas interpretativas, vinculadas principalmente à exegese e à filologia, para uma hermenêutica de cunho verdadeiramente filosófica. Neste âmbito, examinamos o empenho de Schleiermacher em elevar o compreender além das regras particulares de interpretação; de Dilthey em incorporar ao ato hermenêutico a importância do encadeamento histórico para as ciências do espírito; de Heidegger em interpor ao procedimento epistemológico as condições ontológicas do próprio compreender; de Gadamer em demonstrar o acesso à verdade por vias não necessariamente objetivantes do conhecimento. Dessa crítica gadameriana aos pressupostos da ciência moderna, posta em termos do debate entre experiência de pertença e distanciamento alienante, Ricoeur faz sobressair a sua própria concepção, na qual a textualidade é demonstrada como paradigmática no que concerne à historicidade da experiência humana. Segundo as teses ricoeurianas a ação humana, assim como o texto, contém uma proposição de sentido que vai além da intenção de seu agente ou, no caso da escrita, do seu autor, e que poderá ser efetuada em um contexto diferente daquele em que foi criada originalmente.pt_BR
dc.title.enConstitutive elements of textuality applied to the Theory of Action in Paul Ricoeurpt_BR
Appears in Collections:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_jssantos.pdf450,37 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.