Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27134
Title in Portuguese: Mapa da Exclusão Social num País Assimétrico: Brasil Mapa da Exclusão Social num País Assimétrico: Brasil
Author: Lemos, José de Jesus Sousa
Nunes, Edson Luís Lima
Keywords: Pobreza
Exclusão social
Nordeste
Brasil
Desenvolvimento social
Issue Date: 2005
Publisher: Revista Econômica do Nordeste
Citation: LEMOS, José de Jesus Sousa; NUNES, Edson Luís Lima. Mapa da Exclusão Social num País Assimétrico: Brasil Mapa da Exclusão Social num País Assimétrico: Brasil. Revista Econômica do Nordeste, v. 36, n. 2, p. 161-188, 2005.
Abstract in Portuguese: Neste estudo, construiu-se o Índice de Exclusão Social (IES), objetivando identificar os padrões de pobreza, entendida como exclusão social nos 5.506 municípios dos 26 estados brasileiros e nos 19 distritos do Distrito Federal. Para construir o IES, utilizam-se cinco indicadores: percentagem da população do município (ou distrito) que sobrevive em domicílios particulares está privada de água tratada; percentagem da população do município ou distrito privada de saneamento; percentagem da população do município ou distrito privada do serviço de coleta de lixo; percentagem da população maior de 10 anos com, no máximo, um ano de escolaridade; percentagem da população que sobrevive em domicílios particulares cuja renda pessoal diária é de, no máximo, um dólar por dia. As evidências encontradas na pesquisa mostram que, no Nordeste, concentram-se os maiores contingentes de excluídos no Brasil e, nessa região, também posiciona-se o município com maior IES (Fernando Falcão, no Maranhão), o município com menor renda média do chefe (Cantanhede, Maranhão), e o estado com o maior percentual de excluídos, que é o Maranhão. A pesquisa também mostrou que o município de maior renda do Brasil (na verdade um distrito), Lago Sul, tem renda média que é 64,55 vezes a renda do município de menor renda. O estudo conclui propondo mudanças nas estratégias de políticas de curto, médio e longo prazos para reverter indicadores tão dramáticos.
Abstract: In this study, we constructed the Index of Social Exclusion (ISE) in order to identify the poverty pattern, as a kind of social exclusion, in the 5,506 counties of 26 Brazilian States and 19 districts of Brasilia D.C. In order to construct ISE, we used 5 variables as defined: deprivation of safe water; deprivation of sanitation; deprivation of garbage collecting by public service; deprivation of education; and deprivation of income. The evidences founded in this study showed that Northeast is the poorest region among the five regions of Brazil. This region concentrates the majority of social excluded population in this Country. In this region we found out the county which has the largest IES (Fernando Falcão, at Maranhão State). In Northeast we also find the county with the least income (Cantanhede, also located at Maranhão State). In addition, is Maranhão the State which has the largest ISE among all the Brazilian States. The search also showed that Lago Sul, a Brasília D.C District, has the largest average income among all cities of Brazil. This income, as the study showed, represents 64.55 times the average income of Cantanhede. The search finished suggesting profound changes in priorities of public policies in Brazil in order to revert such dramatic social and economic indicators.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27134
ISSN: 0100-4956
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005_art_jjslemos.pdf259,45 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.