Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29175
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOlinda, Ercília Maria Braga de-
dc.contributor.authorBandeira, Juliana Bruno-
dc.date.accessioned2018-01-24T13:05:26Z-
dc.date.available2018-01-24T13:05:26Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationBandeira, J. B.; Olinda, E. M. B. (2012)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29175-
dc.descriptionBANDEIRA, Juliana Bruno. Os agentes do desenvolvimento social no Centro Educacional Patativa do Assaré: limites e possibilidades nas práticas de ressocialização. 2012. 74f. TCC (Especialização) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Escola de Gestão Penitenciária e Ressocialização, Curso de Especialização em Educação de Jovens e Adultos (EJA) para professores do Sistema Prisional, Fortaleza (CE), 2012.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectJovens em conflito com a leipt_BR
dc.subjectRessocializaçãopt_BR
dc.subjectAgentes de Desenvolvimento Socialpt_BR
dc.titleOs agentes do desenvolvimento social no Centro Educacional Patativa do Assaré: limites e possibilidades nas práticas de ressocialização.pt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.abstract-ptbrA realidade da juventude na cidade de Fortaleza depende de fatores ligados à renda e escolaridade, principalmente, tanto dos jovens, quanto de suas famílias. A parcela mais prejudicada socialmente, expropriada de seus direitos, não raro se envolve em atos infracionais e, quando pegos, cumprem medida socioeducativa em uma das nove Unidades de Internação, as UI, da cidade. Especificamente aqueles de sexo masculino e na faixa etária de 17 anos são atendidos no Centro Educacional Patativa do Assaré, o CEPA. De toda a atenção dispensada aos socioeducandos os Assistentes Sociais, Psicólogos e Professores são os profissionais que mais diretamente lidam com os jovens, desde a recepção dos atendidos, e por todos os momentos para a ressocialização, atendem individualmente, com a família e em grandes grupos os jovens internos. Acerca da metodologia e condições de trabalho, das dinâmicas de motivação e identificação desses Agentes do Desenvolvimento Social, os ADS, é que se baseia essa monografia. Estes, em suas dinâmicas de trabalho em consonância com o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo, o SINASE, são elementos principais que explicam uma realidade de difícil e necessária superação. A pesquisa, do tipo estudo de caso etnográfico, foi realizada no segundo semestre de 2012.pt_BR
Appears in Collections:EEJAPSP - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_tcc_jbbandeira.pdf1,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.