Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30422
Title in Portuguese: Pool de risco : análise do impacto da resolução normativa nº 309/2012 em reajustes de operadoras de planos de saúde: um estudo de caso em um contrato
Author: Santos, Gustavo de Sousa
Advisor(s): Azevedo, Alana Katielli Nogueira
Keywords: Seguro-saúde - Brasil
Risco
Avaliação de riscos
Issue Date: 2014
Citation: SANTOS, Gustavo de Sousa. Pool de risco: análise do impacto da resolução normativa nº 309/2012 em reajustes de operadoras de planos de saúde: um estudo de caso em um contrato. 2014. 90 f. TCC (graduação em Ciências Atuariais) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza-CE, 2014.
Abstract in Portuguese: Este trabalho trata sobre os reajustes dos planos privados de assistência à saúde compostos de contratos coletivos com menos de 30 beneficiários. A proposta desta monografia foi analisar a aplicação da Resolução Normativa 309/12 na gestão de reajustes desse tipo de contrato. Baseado na legislação vigente, foram apresentados cenários e metodologias de avaliação e cálculo de reajuste de uma operadora de plano de saúde. A ferramenta utilizada para a avaliação foi a aplicação da teoria do risco coletivo, que utiliza o conceito de risco agregado. Foi verificado que o contrato com menos de 30 beneficiários oferece um risco elevado ao seu próprio equilíbrio financeiro e atuarial. Foram propostas duas metodologias de reajuste. Uma baseada no método de tarifação de prêmio comercial e outra baseada na meta de sinistralidade preestabelecida. Verificou-se que em ambas as técnicas o Pool de Risco possui índices de reajuste inferiores ao do contrato isolado e sua dispersão é bem menor. Conclui-se que o Pool de Risco contribui como ferramenta de gestão, pois além de inibir a aplicação de reajustes abusivos, auxilia na retenção de clientes.
Abstract: This work deals with the adjustment of private health care plans of collective contracts with less than 30 beneficiaries. The purpose of this thesis was to analyze the implementation of Normative Resolution 309/12 in management adjustments of this type of contract. Based on current legislation, scenarios and methodologies of evaluation and adjustment calculation of a provider of health plan were presented. The tool used for the evaluation was the application of the theory of collective risk, which uses the concept of aggregate risk. It was found that the contract under 30 beneficiaries features a high risk to their own financial and actuarial balance. Two methodologies were proposed adjustment. A method of charging based on commercial prize and another based on pre-established goal of accidents. It was found that in both techniques the Risk Pool has lower rates of adjustment to the contract isolated and its dispersion is much smaller. We conclude that the Risk Pool contributes as a management tool, as well as inhibit the abusive application of adjustments, assists in retaining customers.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30422
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS ATUARIAIS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_tcc_gssantos.pdf2,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.